Opinião: Sem Saída | Cara Hunter

Autor: Cara Hunter
Título Original:
No Way Out (2019)
Série: Inspetor Fawley #3
Editora: Porto Editora
Páginas: 336
ISBN: 9789720033413
Tradutores: Cláudia Ramos
Origem: Recebido para crítica
Comprar: Wook | Bertrand (links afiliados)

Sinopse: São férias de Natal e duas crianças acabam de ser retiradas dos destroços de uma casa em chamas no norte de Oxford. O bebé está morto e irmão foi transportado para o hospital onde luta pela vida. Como é que duas crianças tão pequenas são deixadas sozinhas em casa? Onde está a mãe? E porque é que o pai não atende o telefone? Quando novas provas são descobertas, o pior pesadelo de DI Fawley torna-se realidade. Porque este incêndio não foi um acidente. E o assassino ainda anda lá fora.

Opinião: O enredo do terceiro volume desta série policial, que tem como protagonista o Inspetor Chefe Adam Fawley, inicia-se quando uma casa é consumida pelas chamas e as duas crianças da família são as vítimas do sucedido. O pai e a mãe não são encontrados e, por isso, várias são as perguntas sem resposta. Adam Fawley e a sua equipa são chamados para resolver o caso e inicia-se então a investigação que se afigura não ser de fácil resolução, com a especial agravante de envolver duas crianças possivelmente abandonadas à sua sorte.

O enredo vai-se desenvolvendo com as esperadas reviravoltas, que ajudam a que o ritmo do livro seja sempre frenético e que nunca deixemos de ter interesse na resolução do caso e curiosidade em saber como tudo irá terminar. Sem querer revelar muito, houve um ou outro elemento que me pareceu mais forçado no desenrolar da explicação do ocorrido, mas nada que manche a forma como a autora soube atar todas as pontas e concluir esta história de uma forma muito satisfatória.

À semelhança do que ocorreu nos dois anteriores volumes da série, também desta vez a autora vai incluindo ao longo da narrativa excertos de imprensa relacionados com o caso e respetivos comentários do cidadão comum, e-mails, transcrições de entrevistas e outros elementos que dão uma dinâmica muito particular à história que está a ser contada. Para mim, já é uma imagem de marca dos livros de Cara Hunter que leio sempre com muito gosto.

Registo com muito agrado também o foco dado à vida pessoal da personagem principal, que continua a sofrer com os danos colaterais da perda do seu filho Jake. Desta vez, temos aqui um acontecimento na parte final da história que deixa muita curiosidade por saber como irá ser a sua vida no futuro. Também os outros elementos da equipa de Adam Fawley conhecem desenvolvimentos pessoais interessantes, o que demonstra a preocupação da autora em que criemos ligação emocional com as suas personagens – o que, na minha opinião, faz com muita habilidade.

O veredicto final é, por tudo o que referi, bastante positivo. O terceiro volume desta série consegue manter a qualidade demonstrada nas histórias anteriores e deixa o leitor com muita vontade de continuar a acompanhar a vida pessoal e profissional destas personagens. Recomendo!

Classificação: 4/5 – Gostei Bastante

mae-billboard

Sobre Célia

Tenho 38 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.