Home / 4/5 / Opinião: No Escuro | Cara Hunter

Opinião: No Escuro | Cara Hunter

Autor: Cara Hunter
Título Original:
In the Dark (2019)
Editora: Porto Editora
Série: Adam Fawley #2
Páginas: 368
ISBN: 9789720032362
Tradutor: Cláudia Ramos
Origem: Comprado
Comprar: Wook | Bertrand (links afiliados)

Sinopse: Uma mulher e uma criança são encontradas fechadas numa cave, em risco de vida. Ninguém sabe quem são – a mulher não consegue falar e nenhuma descrição de pessoas desaparecidas corresponde aos perfis das vítimas. O proprietário da casa, velho e muito confuso, jura que nunca as viu. À medida que a polícia desespera por pistas, o detetive Adam Fawley recorda-se de um caso antigo, nunca resolvido, que também envolveu uma criança e uma mulher desaparecida. Curiosamente, tudo se passou numa tranquila rua de Oxford. E os moradores estão em choque: como pode tal ter acontecido debaixo dos seus narizes? Mas Fawley sabe que nada é impossível. E ninguém é tão inocente como parece. Da autora bestseller Cara Hunter, um romance profundamente inquietante que nos acelera o coração à medida que se revelam segredos há muito enterrados. Afinal, os piores monstros são os que se escondem à vista de todos.

Opinião: Depois de ter lido Perto de Casa e de ter gostado bastante, parti para o segundo volume desta série policial com um bom grau de certeza de que ia gostar. Desta vez, a história inicia-se quando uma jovem e uma criança são encontradas por acaso na cave de uma casa antiga, quando as obras da casa ao lado acidentalmente revelam a sua presença naquele sítio sombrio. 

Adam Fawley, personagem central desta série e detetive de serviço, é chamado para liderar as investigações deste caso, que de início parece ter uma solução fácil e relativamente linear, mas como devem imaginar muitas voltas e reviravoltas esperam o leitor. Antes de partir para esta leitura, e por ter lido algumas opiniões, já sabia que muitas surpresas me esperavam, e praticamente desde que comecei a leitura tentei adivinhar tudo o que tinha contribuído para o cenário de horror que nos é apresentado no início do livro, mas a verdade é que é quase impossível perceber qual o desfecho que a autora nos reserva.

À semelhança do que sucedeu no primeiro livro, temos no meio da narrativa excertos de notícias, entrevistas policiais e outros, que mais uma vez dão à história aquela dimensão real que é sempre bem-vinda, ainda que desta vez os comentários das redes sociais, que tanto tinha apreciado em Perto de Casa, tenham sido em muito menor quantidade.

Mais uma vez, Cara Hunter apresenta-nos um livro altamente viciante, que é muito difícil largar. Era precisamente disto que procurava nesta altura, e por isso posso dizer que o livro cumpriu o seu propósito. Quanto ao final… bem, realmente é inesperado e tem impacto, mas quando comparado com a forma muito satisfatória como a autora ata todas as pontas em Perto de Casa, o desenlace deste livro deixa a sensação de ser um pouco forçado e algumas coincidências desafiam a suspensão da descrença do leitor. Apesar disso, gostei igualmente bastante desta leitura, porque me entreteve e me manteve a virar páginas sem parar, o que normalmente é bom sinal. Sem dúvida que Cara Hunter é uma autora para continuar a seguir!

Classificação: 4/5 – Gostei Bastante

mae-billboard

Sobre Célia

Tenho 38 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.