Home / Novidades / Novidade Quetzal | Léxico da Luz e da Escuridão, de Simon Stranger

Novidade Quetzal | Léxico da Luz e da Escuridão, de Simon Stranger

Título: Léxico da Luz e da Escuridão
Autor: Simon Stranger
Pág.: 352
Data de Lançamento: 06.03.2020
Comprar: Wook | Bertrand (links afiliados)

Sinopse: Uma história familiar magistralmente construída, um romance épico e ambicioso. Todo o léxico do amor, da perda, da coragem, da maldade – conciso, essencial, acutilante, poético. O que faz com que o acanhado filho do sapateiro Henry Rinnan, de Trøndelag, se torne um dos mais odiados criminosos da História da Noruega, um agente duplo que mata noruegueses para os nazis? E por que motivo uma família de judeus, logo após o fim da guerra, quereria ir viver para o quartel-general de Rinnan, a casa que se tornou o símbolo por excelência das atrocidades cometidas durante a ocupação alemã? Ao saber que a mãe da mulher tinha crescido na infamante casa que ficou conhecida por Bandeklosteret – o lugar onde a clique de Rinnan se juntava para maquinar, fazer festas e torturar prisioneiros na cave -, Simon Stranger começa a investigar a história dos Komissar, bem como dos seus elementos que morreram e dos que sobreviveram. Léxico da Luz e da Escuridão foi galardoado com o Prémio dos Livreiros Noruegueses e com o Riksmalprisen, atribuído a escritores de ficção ou não ficção pelo uso excecional da língua norueguesa.

Sobre o autor: Simon Stranger nasceu em 1976. Tem publicado, desde 2003, livros para crianças, jovens e adultos, muitos deles traduzidos em dezenas de línguas. É um dos escritores mais conhecidos e premiados na Noruega e está em vias de se tornar um dos autores noruegueses mais internacionais.

mae-billboard

Sobre Célia

Tenho 38 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.