Novidade Bertrand | A História de Uma Serva – Novela Gráfica, de Margaret Atwood e Renée Nault (ilu.)

Título: A História de Uma Serva – Novela Gráfica
Autor: Margaret Atwood
Ilustrador: Renée Nault
Pág.: 240
Data de Lançamento: 07.02.2020
Comprar: Wook | Bertrand (links afiliados)

«Tudo o que as Servas usam é vermelho: a cor do sangue, que nos define.» Provocador, chocante, profético. A 7 de fevereiro, A História de Uma Serva chegou a Portugal numa impressionante adaptação a novela gráfica. O clássico moderno de Margaret Atwood ganha uma terrível e marcante realidade visual, executada de forma extraordinária pela artista Renée Nault. A visão marcante da sociedade radicalmente transformada por uma revolução teocrática tornou A História de Uma Serva num dos livros mais influentes e lidos em todo o mundo. Com memórias do passado e ideias perigosas de rebelião e amor do presente, aliado à incógnita sobre o futuro, este livro tornou-se um fenómeno mundial. A História de Uma Serva foi adaptado a série televisiva, contando já com três temporadas e tendo recebido o prémio de Programa do Ano e Série Dramática no Television Critics Association e oito Prémios Emmy do Primetime, incluindo Melhor Série Dramática. A narrativa acompanha Defred, uma Serva na República de Gileade, onde o trabalho, a leitura e a formação de amizades estão vedados às mulheres. Na nova ordem social, o seu papel tem um único propósito: engravidar. A sequela de A História de Uma Serva será publicada a 20 de março em português pela Bertrand Editora. Os Testamentos regressa a Gileade 15 anos depois e apresenta a história na perspectiva de três personagens centrais.

Sinopse: Tudo o que as Servas usam é vermelho: a cor do sangue, que nos define. Defred é uma Serva na República de Gileade, onde o trabalho, a leitura e a formação de amizades estão vedados às mulheres. Está ao serviço do Comandante e da sua mulher e, na nova ordem social, tem um único propósito: uma vez por mês, tem de se deitar de costas e rezar para que o Comandante a engravide, porque, numa era de nascimentos em declínio, Defred e as outras Servas são valorizadas apenas se forem férteis. Mas Defred lembra-se dos anos antes de Gileade, em que era uma mulher independente, com um emprego, uma família e um nome seu. Agora, as suas memórias e a sua vontade são atos de rebelião. Provocador, chocante, profético, A História de Uma Serva transformou-se há muito num fenómeno global. Com esta belíssima adaptação do clássico contemporâneo de Margaret Atwood, executada de forma extraordinária pela artista Renée Nault, o mundo aterrador de Gileade ganha vida como nunca antes.

Sobre a autora: Margaret Atwood é autora de mais de cinquenta livros de ficção. Além de A História de Uma Serva, os seus romances incluem Chamavam-lhe Grace, que ganhou o Giller Prize no Canadá e o Premio Mondello em Itália; O Assassino Cego, vencedor do Booker Prize; Órix e Crex, finalista do Giller Prize e do Man Booker Prize; O Ano do Dilúvio, MaddAddam; O Coração É o Último a Morrer; e, mais recentemente, Semente de Bruxa. Atwood é também cocriadora (com Johhnie Christmas) da série de novelas gráficas Angel Catbird. Vive em Toronto.

mae-billboard

Sobre Célia

Tenho 38 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.