Home / Novidades / Novidade Bertrand | Terras do Demo, de Aquilino Ribeiro

Novidade Bertrand | Terras do Demo, de Aquilino Ribeiro

Título: Terras do Demo
Autor: Aquilino Ribeiro
Pág.: 272
Data de Lançamento: 10.05.2019
Comprar aqui (link afiliado)

Terras bárbaras e agrestes. Velhos fidalgos, ciganos, almocreves, estalajadeiros, alcoviteiras, padres mulherengos e moças enganadas. A emigração e o sonho por um futuro melhor. Um universo onde a natureza e, muitas vezes, o diabo ditam as suas leis. Estes são alguns dos elementos que podemos encontrar em Terras do Demo, de Aquilino Ribeiro. Esta obra emblemática de um dos maiores nomes da literatura portuguesa do século XX foi publicada há 100 anos e é agora reeditada pela Bertrand Editora. Trata-se de um romance que nos transporta ao coração da geografia sentimental de Aquilino Ribeiro, ou não fossem as Terras do Demo o lugar onde nasceu, por onde andou durante uma grande parte da sua juventude, e ao qual reiteradamente regressou. Com prefácio de Ana Isabel Queiroz e ilustrações de Abel Manta, esta reedição tem uma capa que remete para a do livro original. Os municípios de Moimenta da Beira, Sernancelhe e Vila Nova de Paiva, a Fundação Aquilino Ribeiro e a Bertrand Editora são protagonistas de diversas comemorações, de âmbito nacional, à volta dos 100 anos do Terras do Demo. Também a Junta de Freguesia de Alvalade, no âmbito da Capital da Leitura 2019, decidiu homenagear neste ano, em parceria com várias entidades da área cultural, Aquilino Ribeiro. O escritor residiu neste território e criou com ele uma grande ligação emocional.

Sinopse: Este romance transporta-nos ao coração da geografia sentimental de Aquilino Ribeiro, ou não fosse este o lugar onde nasceu, por onde andou durante uma grande parte da sua juventude e ao qual reiteradamente regressou. O seu profundo conhecimento do espaço e das suas gentes apetrecham-no abundantemente para esta digressão por terras «bárbaras e agrestes» que se foram mantendo «à margem da civilização». Um romance que nos convida à descoberta de um Portugal que, apesar da República em Lisboa, ressuscitava velhos fidalgos e onde a emigração permitia sonhar futuros melhores. Ciganos, almocreves, estalajadeiros, alcoviteiras, padres mulherengos e moças enganadas são algumas das personagens que aqui se cruzam connosco neste universo onde a natureza e, muitas vezes, o diabo ditam as suas leis.

Sobre o autor: Aquilino Ribeiro nasceu na Beira Alta, concelho de Sernancelhe, no ano de 1885, e morreu em Lisboa em 1963. Deixou uma vasta obra em que cultivou todos os géneros literários, partilhando com Fernando Pessoa, no dizer de Óscar Lopes, o primado das Letras portuguesas do século XX. Foi sócio de número da Academia das Ciências e, após o 25 de Abril, reintegrado, a título póstumo, na Biblioteca Nacional, condecorado com a Ordem da Liberdade e homenageado, aquando do seu centenário, pelo Ministério da Cultura. Em Setembro de 2007, por votação unânime da Assembleia da República, o seu corpo foi depositado no Panteão Nacional.


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.