Home / Novidades / Novidade Companhia das Letras | Materna Doçura, de Possidónio Cachapa

Novidade Companhia das Letras | Materna Doçura, de Possidónio Cachapa

Título: Materna Doçura
Autor: Possidónio Cachapa
Pág.: 320
Data de Lançamento: 19.02.2019
Comprar aqui (link afiliado)

Sinopse: Ao perder tragicamente a mãe, Sacha entra numa busca desequilibrada para reencontrar a sua imagem no corpo e rosto de todas as mulheres. Viajando das ruas luminosas de Lisboa aos corredores escuros do metro parisiense, o protagonista perseguirá a figura maternal de forma obsessiva. Tem um buraco no peito que precisa desesperadamente preencher. Um pai inesperado, prostitutas de coração grande e produtores de cinema capazes de verem para lá do imediato, são algumas das personagens inusitadas que se cruzarão no caminho de Sacha, num universo em que as mulheres podem abraçar um lado masculino e os homens deixar bater um coração de mulher. Materna doçura é um romance sobre o amor materno, mas, ao mesmo tempo, um manifesto sobre a importância de olhar todas as pessoas com compaixão e respeito. Escrito com irreverência e imaginação, leva o leitor da primeira à última página com uma voracidade feita de humor, emoção e drama. Neste livro, ninguém se perde, mesmo aqueles que deixaram a luz para trás, há muito. Personagens ou leitores.

Sobre o autor: Escritor, argumentista, realizador português. Possidónio Cachapa nasceu e cresceu em Évora, antes de partir para os Açores e daí seguir para outras paragens. Autor de diversos romances, contos e novelas, entre os quais se contam Nylon da minha aldeia (1997), adaptado ao cinema, Materna Doçura (1998), Viagem ao coração dos pássaros (1999), Segura-te ao meu peito em chamas (2003), Rio da Glória (2007) e O mundo branco do rapaz-coelho (2009) e Eu sou a árvore (2016), que marcou o seu regresso ao romance depois de nove anos sem publicar. A sua obra está traduzida em vários países, sendo objecto de teses universitárias internacionais e de adaptações a vários géneros artísticos. Entre outros filmes, realizou Adeus à Brisa, sobre a vida e obra de Urbano Tavares Rodrigues. Na Companhia das Letras estão publicados os romances Eu sou a árvore, O mar por cima e Materna doçura.


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.