Home / Novidades / Novidade Temas e Debates | Os leitores perguntam, Padre António Vieira responde, org. Aida Sampaio Lemos, Joana Balsa de Pinho, José Eduardo Franco e Porfírio Pinto

Novidade Temas e Debates | Os leitores perguntam, Padre António Vieira responde, org. Aida Sampaio Lemos, Joana Balsa de Pinho, José Eduardo Franco e Porfírio Pinto

Título: Os leitores perguntam, Padre António Vieira responde
Organização: Aida Sampaio Lemos, Joana Balsa de Pinho, José Eduardo Franco e Porfírio Pinto
Pág.: 252
Data de Lançamento: 11.01.2019
Comprar aqui (link afiliado)

«Os leitores perguntam, Padre António Vieira responde, com organização de Aida Sampaio Lemos, Joana Balsa de Pinho, José Eduardo Franco e Porfírio Pinto, chegou às livrarias a 11 de janeiro. Os Leitores perguntam, Padre António Vieira responde reúne perguntas que gostaríamos de ter oportunidade de fazer a Padre António Vieira e as respostas sábias que ele saberia dar-nos, extraídas da sua Obra Completa. Os temas são mais de 200 e tão variados como a Amizade, a Razão de Estado ou o Pecado.

Como se poderá conquistar o amor do outro? É a ação que dá conteúdo à existência? O que faz realmente uma pessoa nobre? Deixar de praticar a justiça devido a uma devoção é um grave erro? Muitos portugueses que se notabilizaram em vários campos costumam queixar-se da ingratidão e da falta de reconhecimento da sua pátria em relação aos serviços que lhe prestaram. O que acha desta situação?” são algumas das perguntas presentes nesta obra. «Este livro dá a conhecer, aos leitores do presente, com formações e experiências de leitura e de vida distintas, de diferentes proveniências e inscrições ideológicas e religiosas, o essencial do pensamento universalista de Vieira, que tem muito a dizer-nos, a nós, contemporâneos do século XXI, para melhor respondermos aos desafios da atualidade.»

Sinopse: Vieira foi um domador de palavras, um ginasta, um trapezista da argumentação. As palavras são barro que Vieira molda como um mestre oleiro, criando formas espantosas e deleitosas. Se há uma palavra que o caracteriza, tendo potenciado o seu génio, é, precisamente, a “ousadia”. Ele ousa, com a palavra e com a vida, afrontar os problemas dos homens e das mulheres do seu tempo, mas também os do seu país e os da humanidade no seu todo. Com este livro dá-se a conhecer de modo seleto e acessível aos leitores de hoje o essencial do pensamento universalista de Vieira, que tem muito a dizer-nos, a nós contemporâneos do século XXI, para melhor respondermos aos desafios da atualidade.

Sobre o Padre António Vieira: Nascido em Lisboa em 1608, foi para o Brasil aos 6 anos onde estudou no Colégio dos Jesuítas, na Baía, ingressando aos 15 anos na Companhia de Jesus. Ordenado sacerdote em 1635, tornou-se professor de Teologia. Estreou-se como pregador em Salvador da Baía, impressionando pela sua eloquência. De 1641 a 1652 esteve na Europa, onde o rei D. João IV o nomeou seu confessor e pregador da corte, além de embaixador encarregado de difíceis missões no estrangeiro. Em 1652, obteve licença do rei para regressar ao Brasil, levando consigo um decreto real para libertação dos índios, que suscitou uma reação violenta dos colonos. Esse evento esteve na origem do seu regresso a Portugal em 1654. O convívio com cristãos-novos e as propostas de reforma da Inquisição puseram-no sob a mira do Tribunal do Santo Ofício, que acabaria por condená-lo, sendo detido em Coimbra (1665-1667). Em Roma viveria de 1669 a 1675, pregando algumas das suas melhores peças oratórias. Em 1681, regressa ao Brasil, onde prepara as suas obras para publicação, vindo a falecer na Baía em 1697. A sua Obra Completa foi publicada pelo Círculo de Leitores (2013-2014). De Vieira, a Temas e Debates publicou as seguintes obras: História do Futuro, Escritos sobre os Judeus e a Inquisição, A Chave dos Profetas, Escritos sobre os Índios, Sermões do Advento, do Natal e da Epifania e Sermão da Sexagésima e Sermões da Quaresma. Publicou ainda Cada Um É da Cor do Seu Coração – Negros, Ameríndios e a Questão da Escravatura em Vieira.

Sobre Aida Sampaio Lemos: Mestre em Ensino da Língua e da Literatura Portuguesas (1997, Universidade do Minho) e doutora em Filologia Galega e Portuguesa (2010, Universidade de Santiago de Compostela). Professora e investigadora. Supervisora linguística e coordenadora da edição de fontes de Obra Completa Padre António Vieira (Círculo de Leitores, 2013- 2014) e dos projetos Dicionário Padre António Vieira e Obras Pioneiras da Cultura Portuguesa (Círculo de Leitores, 2017-2019).

Sobre Joana Balsa de Pinho: Doutora em História da Arte pela Universidade de Lisboa (2013) e mestre em Museus e Museologia (Universidade de Alcalá de Henares, 2011). Desde 2012 integra, como investigadora e coordenadora (investigação e transcrição de fontes), projetos desenvolvidos pelo CLEPUL – Universidade de Lisboa, nomeadamente, Obra Completa Padre António Vieira (Círculo de Leitores, 2013-2014) e Obras Pioneiras da Cultura Portuguesa (Círculo de Leitores, 2017- 2019).

Sobre José Eduardo Franco: Professor catedrático convidado da Universidade Aberta e titular da cátedra FCT/Infante Dom Henrique para os Estudos Insulares Atlânticos e a Globalização (Universidade Aberta). Membro da Academia Portuguesa da História. Doutor em História e Civilizações pela EHESS (França) e em Cultura pela Universidade de Aveiro. Dirigiu com Pedro Calafate o grande projeto luso-brasileiro designado “Vieira Global” que publicou a Obra Completa Padre António Vieira em 30 volumes (Círculo de Leitores, 2013-2014). Foi-lhe atribuída, em 2015, a Medalha de Mérito Cultural do Estado Português.

Sobre Porfírio Pinto: Licenciado e mestre em Teologia, pela Universidade Católica Portuguesa, e doutor em Estudos de Literatura e Cultura, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, com uma tese sobre o pensamento teológico do Padre António Vieira. É investigador do CLEPUL-Universidade de Lisboa e integrou a equipa que preparou a edição da Obra Completa Padre António Vieira (Círculo de Leitores, 2013-2014).


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.