Home / Notícias / Grupo LeYA – Novidades Editoriais do 1.º trimestre de 2019

Grupo LeYA – Novidades Editoriais do 1.º trimestre de 2019

Estes são alguns dos lançamentos que o Grupo Editoria LeYa destaca para o primeiro trimestre de 2019:

JANEIRO
Os Blumthal – A Histórial Real de Vidas Sacrificadas Às Piores Utopias e Tiranias do Século XX, de José Milhazes (Oficina do Livro)
O jornalista reconstitui a vida dos avós da mulher, Siiri Milhazes. Conta como os jovens idealistas, Erich Sõerd e Leida Holm Blumthal, participaram activamente na introdução da revolução comunista na sua Estónia natal, e depois foram ultrapassados pelos acontecimentos do mundo conturbado e muito violento do século XX e acabaram vítimas, primeiro do regime nazi e depois do regime comunista soviético. À venda a 29 de janeiro.

Um Passeio pela Europa, de Fernando d’ Oliveira Neves (Dom Quixote)
Memórias da experiência europeia de um dos mais importantes embaixadores portugueses da actualidade.

5 Mudanças – Antes, Durante e Depois do Cancro, de Magda Rocha (Oficina do Livro)
A nutricionista, autora de livros como A Dieta Anticancro, fornece respostas muito concretas para quem está a tempo de evitar um diagnóstico oncológico e também para quem se encontra numa fase pós-doença. Com o foco no combate à doença mais mortal dos nossos tempos, identifica os 5 pilares que sustentam a verdadeira mudança para uma vida mais equilibrada, saudável e feliz. À venda a 22 de janeiro.

FEVEREIRO
Os rapazes na gruta: nas profundezas da impossível missão de resgate na Tailândia, de Matt Gutman (Casa das Letras)
O relato da mais extraordinária missão de resgaste dos últimos anos. Toda a história do resgate dos 12 membros e o treinador da equipa de futebol tailandesa Wild Boars, e dos heróis que os salvaram.

Os Falcões do Biafra, de Fernando Cavaleiro Ângelo (Casa das Letras)
A história de como Salazar, apoiou secretamente, os independentistas do Biafra na sangrenta Guerra Civil da Nigéria (1967‑1970). Da bravura de um grupo de aviadores portugueses – Os Falcões do Biafra –, que cruzou o céu africano para entregar ao povo biafrense, cercado, alimentos e medicamentos, armas e munições. E de como a PIDE o seguiu à distância e registou as suas movimentações em Lisboa, Faro, Bissau e São Tomé e Príncipe.

Sanches Osório, Memórias da Revolução, de Maria João da Câmara (Oficina do Livro)
Biografia de José Eduardo de Sanches Osório, o oficial católico e monárquico que aderiu ao Movimento dos Capitães desde muito cedo e que esteve no posto de comando do golpe militar do 25 de Abril. O retrato de um homem corajoso e paradoxal que sentiu a Revolução dos Cravos como mais ninguém. Um testemunho vindo do fundo da revolução que põe em perspectiva o rumo tomado pela posterior jovem democracia portuguesa.

MARÇO
História de Uma Família Decente, de Rosa Ventrella (Dom Quixote Literatura)
Editado em Abril de 2018, em Itália, Rosa Ventrella foi, de imediato, comparada a Elena Ferrante. O romance passa-se na década de 80, em Bari, protagonizado por Maria, uma menina de 12 anos, que cresce apoiada por uma doce mãe e assutada pela violência do pai, Antonio, Vive numa terra sem tempo, num bairro onde os abusos que se sofrem são quase impossíveis de escapar. O seu único apoio vem de Michele, o filho mais novo do clã Sinsangre, uma família rival, cuja amizade, quase fraternal, será determinante para escapar daquele bairro sem história.

A Morte do Comendador II, de Haruki Murakami (Casa da Letras)
A segunda parte do novo romance de Haruki Murakami.

São Paulo, de Nicholas Thomas Wright (Dom Quixote)
Biografia definitiva do apóstolo, escrita pelo antigo bispo anglicano, reconhecido conhecedor da Bíblia e autor de bestsellers religiosos. N. T. Wright escreve uma visão radical do apóstolo que inventou o Cristianismo.


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.