Home / Blogmas 2018 / Blogmas 2018 – Dia 22 | Opinião: Coleção “Meninas Pequenas, Grandes Sonhos”

Blogmas 2018 – Dia 22 | Opinião: Coleção “Meninas Pequenas, Grandes Sonhos”

Autor: Maria Isabel Sánchez Vegara
Ilustrações: Gee Fan Eng (Frida Kahlo) e Natascha Rosenberg (Teresa de Calcutá)
Editora: Nuvem de Tinta
Páginas: 32
ISBN: 9789896656645/9789896656652
Tradutor: Vasco Gato
Origem: Recebido para crítica
Comprar aqui (links afiliados): Frida Kahlo / Teresa de Calcutá

Sinopse [Teresa de Calcutá]: Agnes sonhava com uma vida dedicada a ajudar os outros. Ainda pequena, deixou a sua casa e partiu para um país longínquo, muito diferente do seu, para cumprir a missão mais importante de todas: preencher os vazios deste mundo com um amor e uma esperança sem limites.
Sinopse [Frida Kahlo]: Um trágico acidente mudou tudo para a pequena Frida Kahlo. Presa a uma cama, deu asas à imaginação e libertou-se através da arte: o sonho de se tornar uma grande pintora transformou a sua vida numa lição de irreverência e independência para todos nós.

Opinião: A colecção “Meninas Pequenas, Grandes Sonhos“, que já conta com quatro títulos publicados em Portugal, propõe-se a apresentar aos mais novos a vida de algumas das mulheres mais notáveis da história. O conceito foi originalmente criado pela espanhola Maria Isabel Sánchez Vegara, a que se juntou um ilustrador diferente em cada livro, dando origem a simples versos que dão conta dos aspetos mais importantes da vida destas mulheres. 

Para além do óbvio interesse em dar a conhecer a vida destas mulheres aos mais novos – e, quem sabe, dar-lhes uma fonte de inspiração – estes livros brilham pelas ilustrações vívidas e, nos dois livros que tive oportunidade de ler, completamente adequadas aos principais valores pelos quais estas mulheres se regeram e à forma como viveram as suas vidas. As ilustrações em “Teresa de Calcutá” evocam sentimentos de ternura, facilmente associados à bondade que marcou os anos em que esteve entre nós; em “Frida Kahlo”, é notória a marca de rebeldia e excentricidade que a pintora mexicana imprimiu à sua vida. Não posso deixar de referir uma outra publicação recente sobre a sua vida, que adorei: Frida Kahlo – Uma Biografia.

Para além de Teresa de Calcutá e Frida Khalo, podem também encontrar nas livrarias portuguesas os volumes dedicados a Anne Frank e a Amelia Earhart. Se ainda andam à procura de um bom presente de Natal para crianças em idade de escolaridade primária, aqui ficam duas sugestões que me parecem excelentes.


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.