Home / 4/5 / Opinião: Estar Vivo Aleija | Ricardo Araújo Pereira

Opinião: Estar Vivo Aleija | Ricardo Araújo Pereira

Autor: Ricardo Araújo Pereira
Ano de Publicação: 
2018
Editora: Tinta da China
Páginas: 150
ISBN: 9789896714536
Origem: Comprado
Comprar aqui (link afiliado)

Sinopse: Da crítica ao império dos telemóveis e das redes sociais ao elogio do silêncio, passando pela acérrima defesa da liberdade de expressão e pela metafísica do pecado, estes textos tanto falam de Cristiano Ronaldo como de Kierkegaard ou do Candy Crush. Pelo caminho, desmonta-se o mito da auto-ajuda, discutem-se eternos problemas de linguagem que só a RAP apoquentam, questionam-se intolerâncias alimentares e o complexo de Édipo, e levantam-se questões prementes para os casais da sociedade actual, como a escolha entre ter filhos ou ser feliz para sempre.

Opinião: Estar Vivo Aleija é o mais recente livro de crónicas de Ricardo Araújo Pereira (RAP), que reúne as crónicas publicadas pelo humorista português na Folha de São Paulo, entre abril de 2017 e agosto de 2018.

Ainda que nem sempre concorde com as opiniões veiculadas por RAP, dá-me um imenso gozo ler o que escreve, pela forma sarcástica, perspicaz e acutilante com que aborda os vários temas. Estes são da mais variada índole, sobre coisas com maior ou menor importância no panorama geral do mundo; o que RAP consegue sempre é que, seja qual for o grau de importância que atribuamos ao tema sobre o qual discorre, o leitor fique com a sensação que o autor poderia escrever sobre a coisa mais desinteressante do mundo com uma graça ao alcance de poucos. 

Tenho de confessar que gostei mais desta compilação de crónicas do que da anterior, Reaccionário com Dois Cês, precisamente porque o tom destes textos é menos incendiário, focando-se mais no humor, na observação de pequenos tiques e costumes da vida moderna, sem nunca esquecer a atualidade e as suas preocupações humanas. Aliás, são várias as vezes que RAP refere a sua avó, e no meio do humor com que o faz, é possível ver o carinho e a saudade que permanecem.

Li Estar Vivo Aleija num único dia. Deixei-me embalar por estes textos divertidos, que tiveram o condão de me fazer rir mas também de me emocionar. Recomendo!

Classificação: 4/5 – Gostei Bastante


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.