Novidade Alma dos Livros | Portugal – A História de uma Nação, de Henry Morse Stephens

PortugalTítulo: Portugal – A História de uma Nação
Autor: Henry Morse Stephens
Pág.: 304
Data de Lançamento: 10.03.2017

Sobre o livro: «A nação portuguesa é um produto da sua História: isto dá à História de Portugal um valor eminente». É assim que Henry Morse Stephens, docente da Universidade da Califórnia, começa esta obra notável, que em muito contribui para trazer ao conhecimento comum diversos acontecimentos até agora desconhecidos da História de Portugal.
Abrange a instauração da nacionalidade, a consolidação do território e da independência, atravessa o período heroico dos Descobrimentos e a criação de um império global, as navegações em África, na Índia, no Próximo Oriente e no Brasil, e culmina no período de declínio, que começa na fatídica batalha de Alcácer Quibir e se prolonga mais ou menos até aos nossos dias, iluminado aqui e ali com alguns lampejos de uma glória fugaz.
Na primeira fase, aliou-se uma força combatente a uma sabedoria administrativa e um tato de governo que granjearam o respeito de toda a Europa. Na segunda, a dos Descobrimentos, a visão estratégica dos principais dirigentes do reino e o insuperável heroísmo dos navegadores trouxeram glória e poder à alma lusa. Finalmente, com a perda da independência e as respetivas consequências, Portugal entra na fase mais negra da sua História.
Este é um livro essencial para entender o contexto e os acontecimentos que conferiram ao reino uma individualidade e uma existência nacionais de que justamente se orgulha e para vislumbrar como conseguiu um país tão pequeno erguer o primeiro império global da História. 

«A História de Portugal apresenta um pronunciado caráter dramático, especialmente durante a época em que Portugal esteve à frente das nações da Europa. O extraordinário vigor revelado pelos habitantes deste cantinho da Europa é em todos os sentidos, notabilíssimo. Não só foram os navegadores portugueses os primeiros que tentearam a costa oeste da África, nuns pequenos barcos em que marinheiros modernos dificilmente estimariam atravessar o canal da Mancha, como ousaram dobrar o cabo da Boa Esperança e navegar através do oceano Índico até à Índia e Ceilão. Daí aventuraram-se a tornear o promontório de Singapura e estabeleceram-se em Macau, de onde exploraram as costas da China e do Japão. Seguindo outro rumo, para oeste, atravessaram o Atlântico, descobrindo e colonizando o Brasil. Lisboa tornou-se o entreposto e o centro de distribuição dos produtos do Oriente e atingiu um grau de riqueza e luxo sem rival desde os tempos da Antiga Roma.

Sobre o autor: Docente de História em Berkeley, na Universidade da Califórnia, teve no seu trajeto passagens pelas universidades de Oxford e de Cambridge. Com artigos regularmente publicados na imprensa, conquistou uma sólida reputação junto dos leitores. Membro ativo da Associação Americana de História, debruçou-se intensamente sobre a História de Portugal, da qual Portugal: A História de uma Nação é a principal referência. Entre as suas obras contam- se, por exemplo, Uma História da Revolução Francesa, Albuquerque (uma biografia de Afonso de Albuquerque) e O Estudo de História nas Escolas.

mae-billboard

Sobre Célia

Tenho 38 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.