Home / 4/5 / Opinião: Os Dados Estão Lançados, de Richard Yates (Onze Tipos de Solidão)

Opinião: Os Dados Estão Lançados, de Richard Yates (Onze Tipos de Solidão)

Os Dados Estão Lançados leva o leitor ao interior de um pelotão de soldados norte-americanos, numa altura em que a II Guerra Mundial estava quase no final. O narrador é um destes soldados acabados de chegar à maioridade, e começa por partilhar o seu desagrado com o Sargento Reece, aparentemente muito mais rigoroso e impiedoso que os outros sargentos da companhia.

À medida que o tempo passa, o nosso narrador começa a suavizar os seus sentimentos para com Reece e a apreciar a sua retidão e qualidade como formador de homens, ainda que este continue a mostrar pouca afabilidade ou empatia para com os seus soldados. Reece consegue o respeito e a admiração dos homens que ensina, mas também por opção pessoal cultiva a sua solidão.

A sua postura reta leva-o a ser afastado do comando do pelotão, e ao leitor é deixada a questão da solidão do líder que se recusa a ser enredado pelo “polvo” político que, ainda na atualidade, continua a dominar as empresas e as instituições. Senti-me particularmente tocada com a injustiça a que este homem foi sujeito, narrada de forma brilhante por Yates.

Classificação: 4/5 – Gostei Bastante


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.