Home / Artigos / Quando desistir de um livro

Quando desistir de um livro

Na semana passada, vi um artigo interessante no Lifehacker sobre quando desistir de um livro. Dizem eles que “se te sentes indeciso em relação a um livro, lê 50 páginas antes de decidires se continuas ou o abandonas. Fazer isto permite experimentar os livros que queres ler sem te sentires obrigado a terminá-los.

 

(imagem daqui)

bookAntes de ponderar sequer aplicar uma regra deste género, convém que estejamos à vontade com a ideia de deixar livros a meio. Já aqui falei sobre isso e mantenho, de um modo geral, o que disse na altura. Em 2014, ainda só desisti de um livro: Bons Augúrios, de Neil Gaiman e Terry Pratchett. Houve outros lidos este ano de que não gostei, mas na altura estava na disposição para os terminar mesmo assim. Desta vez, comecei a ler e não estava a sentir qualquer tipo de empatia com a história ou personagens, pelo que cheguei um pouco depois da página 100 e decidi desistir. De qualquer modo, sou a favor de se desistir de um livro que não nos está a dizer nada e partir para outra leitura potencialmente mais recompensadora.

 

Dito isto, parece-me uma ideia interessante estabelecer um limite de páginas para decidir se continuamos ou não a ler. Claro que isso dependerá sempre do livro em causa: se, por exemplo, estivermos perante um livro de 1000 páginas, talvez fosse boa ideia ler um pouco mais de 50. Confesso que prefiro as 100 páginas para um livro de tamanho médio e olhando para os livros que abandonei cheguei à conclusão que li sempre pelo menos essa quantidade. Penso que se até à página 100 o livro falhou em me cativar, muito provavelmente não o conseguirá nas restantes.

 

O artigo que referi cita ainda a bibliotecária Nancy Pearl, que arranjou a chamada “regra dos cinquenta“: “As pessoas perguntam-me frequentemente quantas páginas devem ler de um livro antes de desistirem. Em resposta a essa pergunta, inventei a “regra dos cinquenta”, que se baseia na falta de tempo e na imensidão do mundo dos livros. Se tiveres cinquenta anos ou menos, lê cinquenta páginas de um livro antes de te comprometeres a lê-lo ou a deixá-lo de lado. Se tens mais de cinquenta, que é quando o tempo se torna ainda mais curto, subtrai a tua idade a 100 – o resultado é o número de páginas que deves ler antes de tomares a tua decisão sobre continuar ou desistir.” 

 

E vocês, têm alguma regra deste género?


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.