Home / 3/5 / [Opinião] Um Homem com Sorte, de Nicholas Sparks

[Opinião] Um Homem com Sorte, de Nicholas Sparks

6233503Autor: Nicholas Sparks
Título Original:
The Lucky One (2007)
Editora: Editorial Presença
Páginas: 288
ISBN: 9789722340380
Tradutor: Saul Barata
Origem: Comprado

Sinopse: Durante a maior parte da sua vida, Logan Thibault foi um homem que em tudo se podia considerar comum. Porém, nada de comum havia naquilo que estava prestes a acontecer-lhe. Quando encontra uma fotografia de uma mulher nas areias do deserto do Iraque, Logan Thibault passa, inexplicavelmente, a ser um homem com a sorte do seu lado, que sobrevive a situações de indescritível perigo. A fotografia começa a ser encarada como um talismã e, de regresso aos EUA, Thibault não consegue deixar de pensar na mulher que lhe salvou a vida. Mas, assim que a encontra, o segredo que transporta consigo poderá custar-lhe tudo aquilo que lhe é querido.

Opinião:  Antes de ter este blogue e de estar pouco atenta a outras opiniões, Nicholas Sparks era um autor que lia com alguma frequência. Li vários livros dele; duns gostei bastante, de outros nem por isso, mas a verdade é que ao longo do tempo fui-me apercebendo que não é um autor normalmente bem visto por muita gente e, de forma inconsciente, penso que isso, juntamente com o interesse que fui ganhando por outro tipo de livros, fez com que tivesse posto o autor fora das minhas leituras. Acho que é uma parvoíce deixar que noções pré-concebidas sobre autores ou géneros definam o que lemos e, muito sinceramente, não acho que Nicholas Sparks seja um mau escritor e contador de histórias, dentro do género em que se insere.

Em relação a este livro, é basicamente uma história de amor (outra coisa não seria de esperar) em que a superstição e o destino assumem um papel central. Logan Thibault é um ex-soldado americano que prestou serviço no Iraque; nos primeiros tempos em que lá esteve, encontrou no deserto uma foto de uma mulher que não parecia pertencer a ninguém. A foto acompanhou-o durante o tempo que esteve no Iraque e, depois de sobreviver a um sem-número de situações perigosas, Logan começou a convencer-se que a foto era um talismã de sorte. E, por ter um significado tão importante numa época tão complicada da sua vida, Logan decide tentar descobrir quem é aquela mulher através dos poucos detalhes presentes na foto e parte à descoberta pelo país.

O resto da história não é muito difícil de adivinhar. Aliás, este livro peca um bocado pela previsibilidade do decorrer dos acontecimentos e pelo seu desenlace. Mas a leitura foi compulsiva, pela escrita descomplicada e o facto de as personagens me terem parecido reais, com destaque para Logan. Tenho alguns problemas com as noções de destino e superstição, nas quais não acredito, mas esquecendo essa parte, acaba por ser uma história engraçada de ler e que se acompanha com interesse.

Não é o género de livro que me faz ficar a pensar nele mesmo enquanto não estou a ler, ou cuja história irei recordar para sempre, mas foi uma leitura agradável, que entreteve e que cumpriu bem a sua função. 

Classificação: 3/5 – Gostei


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.