Home / 2/5 / [Opinião] Clarkesworld #6 (Março 2007)

[Opinião] Clarkesworld #6 (Março 2007)

cw_06_350O sexto número da Clarkesworld traz dois contos de autores de quem nunca tinha ouvido falar. A ilustração da capa entitula-se “The Mad Key-Man” e é da autoria de Tomasz Pietrzyk.

 

Clockmaker’s Requiem“, Barth Anderson

E se o tempo não fosse uma coisa objetiva, e pudesse ser maleável de acordo com a vontade humana? É esta a premissa deste conto, em que a relojoeira Krina se vê perante um relógio idealizado por um aprendiz, que pretende unificar o tempo e fazê-lo igual para todos. Ao contrário dos seus relógios, que dão a possibilidade de refazer o mundo em que vive, este novo relógio parece impessoal e ameaça romper com a tradição. Gostei muito da premissa deste conto e achei a escrita acima da média, apesar de um pouco confusa, por vezes. Talvez a história precisasse de mais espaço para dar bases mais sólidas a este mundo original. – 3/5

 

Something in the Mermaid Way“, Carrie Laben

Este conto curtinho fala sobre uma família numa ilha que ganha a vida a produzir sereias em miniatura feitas de partes de pele de macaco e de salmão. Da pouca informação fornecida, parece que este negócio prospera devido ao desaparecimento das sereias verdadeiras, pelo que os marinheiros desejam recordações. E a história é pouco mais do que isto. O fim é algo macabro, mas a aparente falta de objetivo da história aliada à falta de um desenvolvimento de enredo e personagens que prenda o leitor fazem com que este conto não seja particularmente memorável. – 1/5


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.