Home / Artigos / [Blogue] Goodreads

[Blogue] Goodreads

Em 2009, fiz um post sobre o Goodreads, a maior rede social dedicada a livros. Entretanto, passaram-se mais de dois anos e houve várias mudanças, incluindo o facto de agora ser ainda mais viciada neste site 😀

Para quem deseja saber em linhas gerais do que se trata o Goodreads, recomendo que leiam o post que linkei acima. O objetivo deste post é explicar um bocadinho melhor o que tanto gosto neste site e por que motivos o utilizo tão frequentemente.

 

1 – Registo de leituras

Pode tornar-se num recurso valioso caso queiramos saber quando começámos ou terminámos determinado livro e a que ritmo o lemos. Quando marcamos um livro como currently-reading, o sistema automaticamente regista essa data como a data de início; assim que registarmos que o terminámos, essa será a data de fim. Se entretanto formos dizendo em que página vamos, é possível obter um gráfico deste género (a minha “demorada” leitura do Locke):

 

 

Também é possível obter estatísticas relativamente às leituras do ano, como abaixo:

 

 

 

 

2 – Registo de livros

Posso afirmar que tenho registada no Goodreads praticamente toda a minha biblioteca física. Atualmente, o sistema inclui muitos livros publicados em Portugal, uma boa parte deles introduzidos pelos utilizadores portugueses. Se tiverem livros mais antigos e rebuscados, deverão ter um pouco mais de trabalho. O sistema permite organizar os livros adicionados em prateleiras virtuais, o que facilita imenso a sua pesquisa. Tenho os meus ordenados, principalmente, por editoras e géneros, mas também os costumo associar ao ano em que os leio (comecei a fazer isto antes de o próprio sistema o fazer) ou à sua origem (empréstimo, compra…). Também é uma boa forma de manter o registo de livros emprestados, por exemplo, ou fazer seleções cruzadas: por exemplo, saber quantos livros já li de determinada editora, que livros estão por ler de um certo género… As possibilidades são imensas. 

 

3 – Fonte de opiniões

Uma das principais mais-valias do Goodreads é a enorme quantidade de leitores que o utilizam, o que faz com que aumente bastante a probabilidade da classificação de determinado livro se aproximar do que vou achar do livro. Claro que é sempre necessário ter em conta de que livro se trata, se é de um género que me agrada, etc. E o manancial de opiniões disponíveis é imenso.

 

4 – Recomendações

Esta funcionalidade é muito recente, mas é uma grande ameaça à minha carteira. O sistema de recomendações “observa” que livros temos numa determinada prateleira, compara com prateleiras parecidas de outros utilizadores e respetivas classificações, e faz-nos recomendações baseadas em leituras, em vez de compras (como acontece, por exemplo, na Amazon). Se quiserem, podem ler mais sobre este sistema aqui. A foto seguinte é um exemplo do que o sistema me recomenda tendo em conta os livros que adicionei à prateleira “favoritos”, sendo possível ver em que livro cada sugestão é baseada:

 

 

 

5 – Contribuir

Gosto das funções de librarian do Goodreads. Quem tiver esse estatuto, fácil de obter, poderá ajudar a melhorar a base de dados do Goodreads, seja editando informações sobre os livros, combinando edições de várias nacionalidades (que ajuda a agregar classificações) e, muitas vezes, arranjando coisas que outros librarians tenham feito mal. 

 

6 – Interagir

Como rede social, o Goodreads permite-nos adicionar amigos, com os quais podemos interagir das mais diversas formas. Uma funcionalidade interessante é o compare books, que permite comparar os nossos livros com os de outro utilizador (não necessariamente um amigo) e ver qual a percentagem de compatibilidade, através da verificação de livros que ambos temos e classificámos. Isto é particularmente útil para obter sugestões de leitura quando existe grande compatibilidade. 

Mas o Goodreads tem muito mais – grupos (que dão para fazer imensas coisas, incluindo leituras conjuntas), listas (esta é particularmente interessante) e várias iniciativas com autores. Enfim, tem tanta coisa por descobrir!

 

Se ainda não conhecem ou têm alguma dúvida, estão à vontade para perguntar 😉 


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.