Home / Novidades / [Lançamento] A Vidente de Sevenwaters

[Lançamento] A Vidente de Sevenwaters

A Vidente de Sevenwaters (Seer of Sevenwaters) é a adição mais recente ao mundo de Sevenwaters, da escritora neo-zelandesa Juliet Marillier. Depois da trilogia inicial (A Filha da Floresta, O Filho das Sombras e A Filha da Profecia), Juliet escreveu ainda O Herdeiro de Sevenwaters, que decorre alguns anos após os acontecimentos finais da trilogia, e agora está prestes a sair em Portugal A Vidente de Sevenwaters, que acompanha a jovem Sibeal (irmã de Clodagh, protagonista de O Herdeiro de Sevenwaters) e neta de Sorcha, personagem que marcou os leitores da trilogia inicial.

O livro está disponível a partir do próximo dia 20 de Junho e a escritora estará de novo em Portugal entre 3 e 7 de Julho, por ocasião deste novo lançamento. No dia 4 estará com os leitores num evento organizado pelo Mundo Marillier, e a sessão de autógrafos decorrerá no dia 6, na FNAC do Colombo. A capa do livro é esta:

 

 

Não é feia, mas acho que um estilo mais clássico se adequa melhor aos livros desta escritora. Adoro as pinturas do Waterhouse que utilizaram para a trilogia original ou mesmo as ilustrações de Kinuko Y. Craft utilizadas na série Wildwood. Acho que a capa escolhida para este novo livro acaba por colá-lo um pouco à moda de capas utilizadas em livros como Anjo Caído.

Sou grande fã da trilogia original, que li e reli várias vezes. Mas acho que as coisas deviam ter ficado por aí. Não estou muito, muito ansiosa por ler este novo livro, mas a Juliet Marillier é das tais escritoras cujos livros costumam passar à frente de todos os outros. Aqui fica a sinopse:

Sibeal sempre soube que estava destinada a uma vida espiritual e entregou-se de corpo e alma à sua vocação. Antes de cumprir os últimos votos para se tornar uma druidesa, Ciarán, o seu mestre, envia-a numa viagem de recreio à ilha de Inis Eala, para passar o Verão com as irmãs, Muirrin e Clodagh.
Sibeal ainda mal chegou a Inis Eala, quando uma insólita tempestade rebenta no mar, afundando um barco nórdico mesmo diante dos seus olhos. Apesar dos esforços, apenas dois sobreviventes são recolhidos da água. O dom da Visão conduz Sibeal ao terceiro náufrago, um homem a quem dá o nome de Ardal e cuja vida se sustém por um fio. Enquanto Ardal trava a sua dura batalha com a morte, um laço capaz de desafiar todas as convenções forma-se entre Sibeal e o jovem desconhecido.
A comunidade da ilha suspeita que algo de errado se passa com os três náufragos. A bela Svala é muda e perturbada. O vigoroso guerreiro Knut parece ter vergonha da sua enlutada mulher.
E Ardal tem um segredo de que não consegue lembrar-se – ou prefere não contar. Quando a incrível verdade vem à superfície, Sibeal vê-se envolvida numa perigosa demanda.
O desafio será uma viagem às profundezas do saber druídico, mas, também, aos abismos insondáveis do crescimento e da paixão. No fim, Sibeal terá de escolher – e essa escolha mudará a sua vida para sempre.


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.