Home / Blogue / Blx

Blx

Quem me segue mais atentamente, já se apercebeu que, de há uns meses para cá, me tornei numa assídua utilizadora da biblioteca. Como trabalho em Lisboa, mesmo perto de uma das suas várias bibliotecas, tenho acesso a toda a rede de bibliotecas de Lisboa – as BLX. Isto significa que posso requisitar para empréstimo domiciliário qualquer livro que esteja disponível nas bibliotecas que integram esta rede, cujo vasto catálogo pode ser consultado neste link.



Inscrição nas BLX
Para podermos usufruir deste serviço grátis, é necessário possuir um cartão de utilizador que também é grátis e pode ser pedido por quem more, estude ou trabalhe na Área Metropolitana de Lisboa. Para obterem o cartão, podem deslocar-se a uma das bibliotecas da rede, preencher o respectivo impresso e levar um comprovativo de morada e um documento de identificação (BI, passaporte, etc.). Pode também ser feito um pré-registo online (onde indicamos logo qual será a nossa password para entrar no sistema), e num prazo de 10 dias devem dirigir-se à biblioteca que escolherem e entregar os documentos pedidos. Nesta 2.ª opção, a que utilizei, o cartão está disponível quando lá forem e podem começar a utilizá-lo de imediato. Não foi necessária nenhuma fotografia.


Empréstimos
Quando desejamos um livro que está disponível no catálogo que referi acima, existem duas possibilidades:

  • O livro está disponível: se for na biblioteca que utilizamos, basta lá ir e requisitar o livro; se o livro for de outra biblioteca, deve-se enviar um email ao serviço de empréstimos da mesma, referindo o número de utilizador, o livro em causa e a biblioteca para onde desejamos que seja enviado; caso o livro tenha a indicação “Em Depósito”, significa que está na biblioteca, mas em vez de estar nas prateleiras, está guardado num depósito – neste caso basta aceder à nossa conta nos computadores da biblioteca e mandar vi-lo do depósito;
  • O livro está requisitado por outro leitor: depois de feito o login no catálogo, basta entrar na ficha do livro e escolher a opção “Reservar”. É-nos dito logo na altura qual a posição em que ficamos na lista de espera do livro. Independentemente de o livro pertencer ou não à biblioteca que frequentamos, é-nos enviado um email assim que o livro estiver disponível para levantar na biblioteca que escolhemos (uma vez ligaram-me mesmo).

O site onde consta o catálogo permite-nos também criar listas de livros, o que é útil para irmos guardando referências de leituras que nos interessem. Existe ainda uma secção que nos permite ver quais os empréstimos actuais e os pedidos/reservas efectuados. Infelizmente, o site não permite verificar um histórico de empréstimos, uma funcionalidade que na minha opinião traria valor acrescentado. Em relação aos empréstimos, é importante referir que têm um prazo de 15 dias e poderão ser renovados por 2 vezes, durante mais 15 dias de cada vez, caso não exista ninguém na fila de espera desse livro.

Ficam aqui as linhas gerais para quem deseje utilizar este serviço. Pessoalmente, conquistou-me pela variedade de títulos disponíveis e eficácia do seu funcionamento. Aconselho vivamente a quem tiver oportunidade, pois é uma forma excelente de ler sem gastar dinheiro, em especial aqueles livros que nos suscitam algumas dúvidas. Agradeço à tchetcha pela ideia de escrever este post!

Célia


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.