Home / 6/10 / [Opinião] Perturbações Atmosféricas, de Rivka Galchen

[Opinião] Perturbações Atmosféricas, de Rivka Galchen

Autor: Rivka Galchen
Título Original: Atmospheric Disturbances (2008)
Editora: Editorial Presença
Páginas: 264
ISBN: 9789722343763
Tradutor: Manuel Cintra
Origem: Recebido para crítica

Sinopse: Quando a mulher do Dr. Leo Liebenstein, um psiquiatra nova-iorquino de 51 anos, desaparece, deixa uma única pista – uma sósia que fala e se comporta exactamente como ela, ou quase exactamente como ela. Mas Leo não se deixa enganar por este embuste e embrenha-se numa busca quixotesca do seu amor perdido. Um romance de estreia genial, que é a um tempo uma grande história de amor, comédia negra, thriller psicológico e o retrato inquietante de uma mente em ruptura. Rivka Galchen traz-nos uma obra de literatura no seu estado simultaneamente mais puro e sofisticado.

Opinião: Em Dezembro passado, entrou no meu apartamento uma mulher rigorosamente semelhante à minha esposa. Era tudo igual, mas não era a Rema. Era apenas uma sensação que me permitia saber isso” Assim se inicia, de forma genial, a história de Leo Liebenstein, um psiquiatra residente em Nova Iorque. Leo acredita que a sua mulher, Rema, desapareceu e uma substituta (quase) perfeita foi colocada no seu lugar. Mas à medida que a mulher, ou o “simulacro” tal como Leo decide chamar-lhe, não admite ser uma impostora e se instala na vida de Rema como se sempre ali estivesse estado, Leo decide que tem de fazer algo para encontrar a sua esposa – a sua Rema.

E é assim que, não querendo abandonar as suas convicções, Leo contacta Harvey, um dos seus neuróticos pacientes, na esperança de que este o possa ajudar a fazer sentido a este mistério. Harvey, que acredita ter poderes especiais para controlar fenómenos meteorológicos, julga ainda ser um agente secreto para a Real Academia de Metereologia. Leo é rapidamente absorvido pela fantasia do seu próprio paciente e fica convencido de que essa instituição e os seus colaboradores de mais alta patente, tal como um estranho personagem de nome Tzvi Gal-Chen – na realidade, um verdadeiro metereologista e pai da autora, Rivka Galchen – deverão estar envolvidos no desaparecimento de Rema.

Embora num tom por vezes cómico, Leo começa a ser cada vez mais delirante nos seus pensamentos e nas suas suspeitas, de tal forma que se torna cansativo acompanhá-lo na viagem alucinada que persegue em busca de Rema. A certa altura, revelando alguma lucidez, refere que só poderá amar a Rema original, a verdadeira Rema. Esta é uma das inúmeras pistas que nos podem conduzir à verdadeira causa da sua aparente ilusão, pois pode o desgaste no tempo de uma relação permitir-nos não reconhecer a pessoa que amamos? É aqui que se concentra o interesse do livro e é sobretudo por isto que vale, pela intenção de ser um ensaio sobre a rotina do amor. A premissa básica do livro é bastante boa e a escrita é, a espaços, assombrosa, mas o livro acaba por não cumprir a expectativa inicial já que o seu interesse é um pouco rebatido pela quantidade de conceitos meteorológicos apresentados, pelas divagações psiquiátricas e constantes teorias/fantasias da conspiração.

Perturbações Atmosféricas é o primeiro livro da autora com origens canadianas, Rivka Galchen, que tem causado algum impacto no mundo literário desde 2008. Recentemente, foi nomeada como uma das mais importantes jovens escritoras da actualidade pelo The New Yorker. – Sofia Martins

Classificação: 6/10 – Interessante


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.