Home / Novidades / [Lançamento] Novidades Planeta

[Lançamento] Novidades Planeta

Eis as novidades literárias da Planeta, disponíveis a partir da próxima segunda-feira, dia 7 de Junho:

O Livro Inacabado de Dickens, Matthew Pearl

Boston, 1870. A notícia da morte de Charles Dickens chega ao editor americano. James R. Osgood esperava ansioso a última parte do derradeiro trabalho de Charles Dickens, O Mistério de Edwin Drood, que deveria chegar em breve. Chegando-lhe aos ouvidos que o autor teria morrido de forma estranha, Osgood suspeita que alguma coisa não está bem e envia o seu homem de confiança, Daniel Sand, para esperar o navio que em princípio deveria trazer o manuscrito. Mas quando o corpo de Daniel é encontrado nas docas a verdadeira causa da sua morte assim como o manuscrito que desapareceu constituem um mistério. Osgood decide embarcar para a Índia para tentar descobrir o manuscrito de Dickens. Perigo e intriga é que irá descobrir juntamente com Rebecca, irmã de Daniel e guarda-livros de Osgood que deseja limpar o nome do irmão. No regresso à Grã-Bretanha, os nossos heróis visitam a casa de Dickens, em Kent, onde uma pista os conduz dizendo que o manuscrito afinal está prestes a ser vendido. Perseguidos por assaltantes e apanhados num jogo sinistro em que a trama e o mistério chocam com a vida real. O Livro Inacabado de Dickens é um romance baseado em factos verídicos da vida de Charles Dickens em que se focam questões de vida e morte e, a chave escondida que tem o poder de parar um génio assassino.

 

A Abadia Profanada, Montserrat Rico Góngora

A Abadia Profanada, tal como o anterior livro da autora, é um romance baseado em factos reais. A história parte de um acontecimento histórico, a visita de Heinrich Himmler, um dos homens mais poderosos da Alemanha Nazi, em Outubro de 1940, à abadia de Montserrat (em Barcelona) e desenrola-se em torno da demanda do Santo Graal. Diz a lenda que o Cálice Sagrado foi levado para o Mosteiro de Montserrat pelos últimos templários e que aí foi escondido numa das grutas da montanha. Partindo deste acontecimento, que supostamente fazia parte das investigações acerca da localização do Santo Graal, algo que há muito fazia parte dos planos do regime Nazi, Montserrat investigou a obsessão de Himmler em torno do Santo Graal, chegou à fala com um monge que o conheceu e teceu uma história onde se vislumbram as tendências esotéricas do regime chefiado por Hitler. Numa entrevista da autora concedida a Europa Press, Rico Góngora assegurou que o Nazismo «procurava um talismã que o ajudasse a vencer a guerra e a prolongar o Reich» e, por ele, lançou-se numa busca em diferentes pontos da Europa. A história tem início na violenta discussão entre Himmler e o monge Ripoll, em Montserrat, cuja visita a Barcelona acabou eclipsada devido ao facto de ter tido lugar no mesmo dia em que se deu o encontro entre Franco e Hitler, em Hendaya, e prossegue com Montserrat Rico Góngora a reconstruir toda uma época determinante para um novo rumo mundial.

 

A Cidade de Vidro (Caçadores de Sombras #3), Cassandra Clare

Para salvar a vida da mãe, Clary tem de ir à Cidade de Vidro, o lar ancestral dos Caçadores de Sombras – não a incomoda que a entrada nesta cidade sem autorização seja contra a Lei e que violá-la possa significar a morte. Piorando mais a situação, ela vem a saber que Jace não a quer lá e que Simon foi encarcerado na prisão pelos Caçadores de Sombras que suspeitam de um vampiro que tolera a luz do Sol. Ao tentar descobrir mais pormenores sobre o passado da sua família, Clary encontra um aliado no misterioso Sebastian. Com Valentine a reunir toda a força do seu poder para destruir de uma vez por todas os Caçadores de Sombras, a única possibilidade de estes o derrotarem é combater ao lado dos seus eternos inimigos. Mas podem os Habitantes do Mundo-à-Parte e os Caçadores de Sombras pôr de lado o seu ódio mútuo e aliarem-se? Embora Jace compreenda que está pronto a arriscar tudo por Clary, poderá ela utilizar os seus poderes recentes para ajudar a socorrer a Cidade de Vidro – custe o que custar? O amor é um pecado mortal e os segredos do passado provam ser letais quando Clary e Jace enfrentam Valentine no último volume da trilogia Os Instrumentos Mortais – obra que figura na lista de sucessos literários do New York Times.


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.