Home / Novidades / [Lançamento] O Vermelho e o Verde

[Lançamento] O Vermelho e o Verde

No ano em que se comemora o centenário da República, José Jorge Letria surge nas livrarias nacionais com nova obra que tem Portugal como palco e os anos da República como ponto de partida.

O Vermelho e o Verde é um intenso fresco narrativo cuja acção decorre entre 1 de Fevereiro de 1908, dia do regicídio, e o fim do Verão de 1918, ano da gripe espanhola, do fim da Primeira Guerra Mundial e do assassinato de Sidónio Pais, na Estação do Rossio. Neste romance confrontam-se ideias e personalidades, afectos e memórias, sonhos e desaires, republicanos e monárquicos, pais e filhos, e ainda modos distintos e conflituantes de pensar Portugal.

Elegendo como protagonista um jovem civil que combate na Rotunda ao lado de Machado Santos e que mais tarde será ferido na Flandres, integrado no Corpo Expedicionário Português, José Jorge Letria fornece ao leitor uma visão emotiva e dramática de uma época em que Portugal rompeu com um passado de séculos.

As duas cores que se combinam no título do livro, e que são as dominantes na Bandeira Nacional, representam também o confronto entre ideais e afectos, entre seres humanos e as suas visões do mundo. Neste novo romance José Jorge Letria não só revela uma extraordinária mestria narrativa de forte pendor poético mas também a alma incendiária de paixão revolucionária dos protagonistas reais e ficcionais desses anos de sonho, tensão e mudança.

Sobre José Jorge Letria

Jornalista nos mais importantes jornais portugueses e escritor com vasta obra publicada em vários domínios, José Jorge Letria nasceu em Cascais em 1951. A sua obra de poesia e ficção narrativa, teatral e infanto-juvenil está traduzida em mais de uma dezena de línguas, tendo sido distinguida com importantes prémios nacionais e internacionais, com destaque para dois Grandes Prémios da APE, dois Prémios Eça de Queirós – Município de Lisboa, o Prémio Internacional UNESCO, o Prémio Aula de Poesia de Barcelona, o Prémio Plural (México) e o Prix International des Arts et des Lettres (Paris).
Mestre em Relações Internacionais, e autor de programas de rádio e de televisão, exerceu, entre 1994 e 2002, as funções de vereador da Cultura no município da sua terra natal e foi um dos mais destacados nomes da canção política em Portugal, tendo sido agraciado com a Ordem da Liberdade.
Actualmente é Presidente do Conselho de Administração da Sociedade Portuguesa de Autores e membro do Comité Executivo do Conselho Internacional de Autores Dramáticos, Literários e Audiovisuais.

152 Páginas │ PVP: 14,40 €
Disponível a partir de 26 de Abril


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.