Home / Eventos / Novidades da Porto Editora até Abril

Novidades da Porto Editora até Abril

A Porto Editora apresentou, esta tarde, as suas novidades editoriais até Abril. No campo da ficção nacional, para além dos dois lançamentos em Janeiro, de livros de Tânia Ganho e Inês Botelho (de que já falámos aqui), está marcado para Março o lançamento Os Dias da Febre, de João Pedro Marques, um “romance histórico com passagem pelas ex-colónias portuguesas”, comparado pela editora a Equador, de Miguel Sousa Tavares. Por fim, em Abril estará disponível Jaguar, de JPedro Baltazar, que é o seu livro de estreia.

Dentro da ficção estrangeira, a editora tem previsto para o próximo dia 28 de Janeiro a publicação de Derrocada, do espanhol Ricardo Menéndez Salmón, e O Jardim dos Segredos, de Kate Morton. No início de Fevereiro, será reeditado A História de uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar, de Luis Sepúlveda, numa edição a cores. O Amor Está no Ar, de Dorothy Koomson (autora de A Filha da Minha Melhor Amiga, Pedaços de Ternura e Bons Sonhos, Meu Amor) será lançado a 4 de Fevereiro. No dia 18 de Fevereiro, sairá O Braço Esquerdo de Deus, de Paul Hoffman, que segundo a Porto Editora “é a maior aposta dos últimos 10 anos da britânica Penguin”. O Quarto Arcano – O Porto da Tormentas é a continuação de O Quarto Arcano – O Anjo Negro, da argentina Florencia Bonelli, e tem data de lançamento marcada para 25 de Fevereiro. Em Março, a Porto Editora publica o seu primeiro livro de Anita Shreve (que até agora pertencia ao catálogo das Edições ASA), com a lançamento de Testemunho. No dia 18 de Março, estará disponível O Labirinto de Água, de Eric Frattini, um “livro de um jornalista polémico sobre a Igreja Católica”. Uma “crónica do quotidiano, entre o cómico e o grotesco”, é o que promete A Filha do Regedor, do italiano Andrea Vitali, que sairá em Março. Para Abril, a editora reserva aos seus leitores A Virgem das Amêndoas, da britânica Marina Fiorato, que é “uma fascinante história de amor e traição”, a Revelação, de C.J. Sansom, Say You’re One Of Them, de Uwem Akpan, que “reúne cinco contos sobre a África das guerras”, O Oito, de Katherine Neville, que “foi considerado pelo El País um dos melhores livros de sempre”, e Um Violino Na Noite, de Jojo Moyes.

Na ficção juvenil, será publicado HorrorLand, de R. L. Stine, em Abril. Para o público jovem-adulto, está reservado O Detective Esqueleto – Os Sem Rosto, de Derek Landy.

No que se refere à não-ficção, a Porto Editora publicará As Regras Essenciais para Viver Sem Medo, de Guy Finley e O Elemento, de Ken Robinson. Tartan – As Velas da Liberdade, de Nuno e Pedro Silveira Ramos, fecha o catálogo da Porto Editora.

Ficámos também a saber que a editora Sextante vai passar a integrar o grupo da Porto Editora. Dentro desta editora, os lançamentos previstos para Fevereiro são Cinco de Outubro, de Lourenço Pereira Coutinho, “um romance histórico sobre a Revolução Republicana”, Acerca de Roderer, de Guillermo Martínez, que é “o primeiro romance de uma das revelações argentinas” e João na Terra do Jaze, de José Duarte (segundo volume da obra do autor). Para Março, está previsto Bute Daí, Zé, de Filomena Marona Beja, o novo romance da vencedora do Prémio APE 2007, e para Abril o segundo volume dos Contos Completos de John Cheever, que segundo a Time é “uma das mais importantes obras da literatura contemporânea”. A maior aposta da Sextante para este período é Submundo, de Don DeLillo.

(informações recolhidas do Twitter e Facebook da editora, ao longo da apresentação referida).


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.