Home / Novidades / [Lnaçamento] O Exército Perdido

[Lnaçamento] O Exército Perdido

O novo livro de Valerio Massimo Manfredi, O Exército Perdido, está disponível nas livrarias desde o passado dia 22 de Outubro.

 

O autor italiano já tinha publicado em Portugal “O Império dos Dragões”, “A Última Legião” (que deu origem ao filme com o mesmo nome), “Quimera” e “Alexandre, o Grande”, regressa com um livro que recupera uma das mais famosas obras da literatura grega (a Anábase, do ateniense Xenofonte) como mote para esta história.

O escritor, arqueólogo e responsável de programas de televisão sobre a História Antiga estará em Portugal no dia 2 de Novembro, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, e no dia 4, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

 

Sinopse: Xenofonte não foi apenas o biógrafo de Sócrates, foi também o comandante militar da famosa Retirada dos Dez Mil. Esta é a sua história – e a história de uma mulher que, por amor, tudo abandonou…

A vitória não é o único caminho para a glória. Ano 401 a.C.Trinta anos de guerra entre Esparta e Atenas levaram a Grécia ao limite das suas forças. Nesse momento de profunda crise, Ciro, irmão do imperador persa Artaxerxes, decide reunir um enorme exército de mercenários gregos, que passará à História como o “Exército dos Dez Mil”. Ainda que tenha anunciado que o seu propósito era combater tribos rebeldes, o verdadeiro objectivo desta marcha de três mil quilómetros continua a ser um dos grandes enigmas da Antiguidade. Depois da morte de Ciro numa batalha, os mercenários ficaram abandonados à sua sorte num território que lhes era hostil. Pouco depois, os chefes gregos seriam aniquilados numa emboscada. Xenofonte, um culto guerreiro ateniense, toma o comando da fracassada expedição e empreende o regresso à pátria. A seu lado, sempre, uma figura de mulher: Abira, a jovem que tudo abandonou para o seguir.

O Exército Perdido narra a épica aventura dos Dez Mil e, simultaneamente, a história de um amor incondicional que nunca vacilou diante das maiores adversidades.


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.