Das Palavras às Imagens (4)

 
Estreou na passada quinta-feira mais um filme baseado na famosa série de livros “Harry Potter”, da autoria da inglesa J.K. Rowling. Não sendo fã acérrima dos livros, gostei bastante na altura em que os li e vi todos os filmes até agora, pelo que já fui ver também Harry Potter e o Príncipe Misterioso. Não consigo apontar todas as diferenças entre livro e filme, até porque o li quando saiu, em 2005, e só me lembro das linhas gerais da história.

 

São quase 2h30 de filme: achei um pouco longo e parado demais, e o que impede que se torne mais aborrecido são os comic-reliefs. Apenas na parte final o filme se torna dinâmico e realmente emocionante, e confesso que fez com que me viessem as lágrimas aos olhos.

 

Em termos de performance dos actores, continuo a achar o Daniel Radcliffe demasiado inexpressivo, e é pena porque a personagem merecia mais. De resto, gostei muito dos desempenhos do Michael Gambon (Dumbledore) e em especial do Alan Rickman (Snape).

 

Este filme irá ser especialmente apreciado pelos fãs da série, mas se olharmos para ele como obra de cinema, acho que deixa um bocadinho a desejar. O meu preferido da série continua a ser, sem sombra de dúvidas, “O Prisioneiro de Azkaban”, realizado por Alfonso Cuarón, realizador que arriscou bastante, mas que na minha opinião foi o que conseguiu captar melhor a essência daquele mundo mágico.

 

O último livro desta série, Harry Potter and the Deathy Hollows (Harry Potter e os Talismãs da Morte) irá levado ao grande ecrã em dois filmes, com estreia marcada para 2010 e 2011. 

mae-billboard

Sobre Célia

Tenho 38 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.