Questionário (XXIII)


O questionário de hoje foi respondido pela Livros2amao, que tem um blog de venda de livros em segunda mão (óptima oportunidade para comprar livros a um preço mais acessível), para além de ser uma ávida leitora e participante frequente no nosso fórum. Obrigado!
 

1 – Como surgiu a ideia de criares o teu blog?
Comecei a sentir falta de espaço para tantos livros e ao mesmo tempo queria adquirir novos, portanto surgiu a ideia de criar um blog e colocá-los à disposição de outras pessoas e ao mesmo tempo receber uns trocos para novas aquisições. Como não sou muito de reler livros, era um desperdício ter as prateleiras cheias, mas sem nenhuma utilidade. Agora guardo apenas aqueles que mais me marcaram ou que pretendo realmente vir a reler.

 

2 – És uma leitora rápida? Quantos livros lês, em média, por mês?
Não! O número de livros varia muito consoante a disposição e o tempo, mas, normalmente, anda à volta dos 2/3 livros por mês.

 

3 – Qual é o teu livro preferido de sempre e porquê?
“Sem-Abrigo”, de Manuel Rebelo. Além de ser um tema que me interessa particularmente, cheguei a utilizá-lo em 2 trabalhos e de tempos a tempos, volto a relê-lo. Não se trata de um livro académico, apenas relata a experiência do autor enquanto sem-abrigo numa fase da sua vida, mas que me toca de maneira especial.

 

4 – O que te leva a identificares-te com uma personagem/história?
Antes de mais tem de me parecer credível (mesmo que seja ficcionado, tem de ter uma boa estrutura) e depois quanto mais pormenores/detalhes forem similares à minha maneira de ser, maior se torna a identificação. Os temas abordados se forem do meu interesse também ajudam na identificação, mas ao mesmo tempo tornam-me mais exigente e as expectativas nem sempre são correspondidas.

 

5 – Género literário preferido e que livro recomendarias dentro do mesmo?
Romance, sem dúvida! É tão vasto este género, que dá para muitos tipos de enredos, temas abordados, etc. Gostei do “Ensaio Sobre a Cegueira”, Saramago e “A Estrada”, Cormac McCarthy.

 

6 – O que achas das adaptações cinematográficas de livros?
São raros os livros que tenha lido e tenha visto a sua adaptação ao cinema, portanto não tenho opinião formada.

 

7 – Qual é a tua opinião sobre os e-books?
Confesso que sou ignorante neste assunto.

 

8 – Tens alguma ideia sobre o que deveria ser feito para aumentar os índices de leitura em Portugal?
Com a quantidade de campanhas que tenho visto em relação aos livros (pelas diversas livrarias, editoras e hipermercados), aposto que o número de leitores esteja a aumentar. 🙂
Agora mais a sério, penso que passa um pouco pela desmistificação de que ler é só para alguns e que é algo muito erudito, pois há livros de todos os géneros para todo o tipo de pessoas. Neste aspecto a escola tem um papel crucial, dado que muitas vezes os pais não serão o melhor exemplo nesta matéria. No meu caso, além de ter estado sempre rodeada de livros em casa e ver, sobretudo a minha mãe, a ler com frequência, o facto de um professor no secundário ter proposto uma Biblioteca de Turma durante 2/3 anos lectivos e essas aulas a falar de livros tornarem-se mais descontraídas, cativou-me bastante e fomentou o meu gosto pela leitura.

 

9 – A leitura é uma paixão que nasce connosco ou está mais dependente de factores externos (muitos livros em casa desde a infância, etc.)?
Se nasce connosco, penso que não. Eventualmente haverá uma predisposição, pois 2 irmãos criados na mesma casa, não têm necessariamente de se tornarem em 2 leitores ávidos. Penso que as experiências que vamos tendo também nos vão moldando e os incentivos (ambiente, pessoas motivadoras, etc.) que vamos encontrando são determinantes.

mae-billboard

Sobre Célia

Tenho 38 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.