Home / Sugestões / Divisadero

Divisadero

23 de Março é a data de publicação de Divisadero, do canadiano Michael Ondaatje, escritor vencedor do Man Booker Prize em 1992 com The English Patient – que deu origem ao filme O Paciente Inglês, galardoado com nove Óscares. Resta saber: Divisadero, o que é? De que trata? O livro permite inúmeras leituras. Há mesmo várias histórias dentro de uma só. A própria palavra é polissémica:

Venho da Rua Divisadero. Divisadero, a palavra espanhola para “divisão”, a rua que, em tempos, constituiu a linha divisória entre San Francisco e os campos do Presídio. Ou poderá derivar da palavra divisar, que significa “olhar à distância”. (Nas proximidades existe uma “elevação” chamada El Divisadero.) Portanto, um local donde é possível olhar até uma grande distância. (p.133)

Um acto violento separa três irmãos que não o são. A partir daí, Ondaatje constrói um mosaico com as histórias dos membros da família, por um lado, e a história de um escritor já morto, por outro. São também duas épocas distintas que se entrelaçam: os anos 70 e a Primeira Guerra Mundial. As diversas camadas narrativas transformam Divisadero num texto profundo sobre o amor e a perda, a procura de novas formas de existência e a realidade presente. O estilo poético, desde sempre reconhecido ao autor, atribui ao livro um tom terno e melancólico.

Na memória, no reflexo de um eco, um portão abre-se para os dois lados. Podemos circundar o tempo. Um parágrafo ou um episódio de outra época atormentam-nos à noite, tal como as palavras de um desconhecido. (p.239)

Divisadero venceu o Governor General’s Literary Awards – Fiction 2007 e foi finalista do Scotiabank Giller Prize 2007 e do Commonwealth Writers Prize for Best Book (Canada & Caribbean) 2008. Podem ler um excerto aqui.

Michael Ondaatje nasceu no Sri Lanka em 1943. Vive em Toronto, no Canadá, desde 1962.
Autor de uma obra literária que abarca desde memórias a poesia, Ondaatje tornar-se-ia conhecido do grande público ao sagrar-se vencedor do Booker Prize em 1992, com a obra The English Patient.


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.