Home / Questionário / Questionário (I)

Questionário (I)

 
Durante a passada semana, lembrei-me de elaborar umas perguntas relacionadas com livros e enviá-los aos nossos amigos com blogs literários, bem como a vários participantes do nosso fórum. O principal objectivo é partilhar gostos e ideias sobre livros, bem como conhecer pontos de vista sobre alguns assuntos pertinentes.
Desde já fica o meu agradecimento pela enorme quantidade de respostas recebidas até agora, bem como na solicitude demonstrada por todos aqueles que já responderam. Todas as respostas recebidas serão aqui publicadas, por ordem de chegada ao nosso email (aproveito para dizer que, caso não vos tenha enviado as perguntas e tenham vontade de responder, podem utilizar o nosso email para pedir o seu envio).
 

Hoje publicamos a resposta enviada pelo nosso amigo Filipe de Arede Nunes, da Biblioteca Transmissível. Obrigado!

 

1 – Como surgiu a ideia de criares um blog sobre livros?
Sou um leitor compulsivo (embora exista quem leia muito mais do que eu) e comecei a consultar alguns blogues sobre livros. Achei interessante a ideia, porque é uma boa forma de dar a conhecer obras que nos marcam e que constam da nossa biblioteca pessoal. Ademais, já escrevo em blogues há alguns anos (e nas mais diversas temáticas) o que contribuiu decisivamente para fazer um blogue dedicado exclusivamente a expor as críticas literárias dos livros que li.

 

2 – És um leitor rápido? Quantos livros lês, em média, por mês?
Acho que leio rapidamente. Dependendo dos livros e do número de páginas dos mesmos, leio em média 4 livros por mês e entre 1500 e 2000 páginas.

 

3 – Qual é o teu livro preferido de sempre e porquê?
O livro que mais prazer me deu de ler até ao momento e aquele que considero a maior obra-prima da minha estante é sem qualquer margem para dúvida Os Maias do Eça de Queirós. O universo queirosiano é extraordinário e as suas personagens e a envolvência social criada nas suas obras é cativante. Os Maias, sendo um romance que decorre no século XIX, dá cor a uma época que me fascina, sendo que as magnificas descrições do livro são deslumbrantes, bem como toda a critica social própria do autor.

 

4 – O que te leva a identificares-te com uma personagem/história?
Já me identifiquei com histórias e personagens com as quais à partida tinha poucos pontos em comum, apenas e só porque o autor conseguiu criar um mundo e um conjunto de personagens que me completaram enquanto leitor.

 

5 – Género literário preferido e que livro recomendarias dentro do mesmo?
Gosto de romances. São os meus livros favoritos e é neste género que gosto de navegar. Não fugindo ao previsível, não poderia deixar de aconselhar vivamente a leitura de Os Maias.

 

6 – O que achas das adaptações cinematográficas de livros?
Já vi algumas e há de tudo. Creio que a maior parte não consegue transmitir tudo o que o autor pretendia ou pelo menos a forma como eu próprio li o livro.

 

7 – Qual é a tua opinião sobre os e-books?
Não me sinto seduzido pelos e-books, ainda que isso signifique custos mais baixos de acesso às obras. Para além de gostar de ler, gosto de livros, do cheiro a papel, das lombadas nas estantes, do prazer de virar as suas páginas…

 

8 – Tens alguma ideia sobre o que deveria ser feito para aumentar os índices de leitura em Portugal?
Poderia dizer que acho que o preço dos livros deveria ser mais acessível, ou que o ensino público deveria fomentar mais leituras e de mais autores. No entanto, estou convencido que apenas um ambiente familiar propício seria capaz de aumentar os índices de leitura no nosso país.


9 – A leitura é uma paixão que nasce connosco ou está mais dependente de factores externos
(muitos livros em casa desde a infância, etc.)?
Sem dúvida que considero que os factores externos são decisivos para que determinada pessoa se transforme num leitor ou não. No entanto, creio que é preciso gostar de ler e isso é algo que embora possa ser fomentado, depende em muito de uma pré-disposição para que aconteça.


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.