Home / Opiniões / A Sombra do Vento

A Sombra do Vento

É difícil tecer uma opinião sobre A Sombra do Vento porque ainda estou arrebatada. A história é de uma beleza indescritível e, página a página, parece que se torna nossa. Dei comigo a rir, a ficar triste, a ansiar pelo que ia acontecer e a maldizer os ‘maus’ da fita. São obras assim que nos marcam.
A descoberta de um livro esquecido desencadeia uma espiral de acontecimentos que nos prende até ao final. Intrigado por quem está por trás da história, Daniel Sempere procura saber quem era, descobrindo segredos e feridas que tardam em sarar. A sua pesquisa acaba por levá-lo até várias pessoas cujos destinos estão estranhamente ligados. De forma quase real, o presente e o passado ficam frente a frente.
O autor soube explorar a história de forma cativante, tendo para isso contribuído também a sua escrita. As suas descrições são apaixonantes e tão reais que nos transportam para os cenários da acção. Ao longo de 505 páginas, vivemos na maravilhosa cidade de Barcelona, descobrindo cantos e encantos. Carlos Ruiz Zafón descobriu a fórmula perfeita entre amor, alegria, mistério, amargura e sangue para tornar a obra especial. – Cristina


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.