Home / Notícias / Codex 632 no cinema

Codex 632 no cinema

“É um excelente indicador do potencial de adaptação do livro para cinema”, afirmou ao Expresso Helena Rafael, da editora Gradiva, a propósito do acordo estabelecido com a empresa norte-americana Gotham Group, que obteve os direitos de representação como agente cinematográfico do livro de José Rodrigues dos Santos “O Codex 632”.

Helena Rafael considera especialmente significativo o acordo ter surgido na sequência de “um contacto espontâneo do grupo que se dirigiu ao agente de José Rodrigues dos Santos” manifestando o seu interesse em representar o livro.

O Gotham Group é uma empresa de Los Angeles ligada à representação de realizadores de cinema, produtores, argumentistas e escritores, que trabalha com produtoras de cinema de Hollywood como a Paramount Pictures, a Twentieth Century Fox ou a Universal Pictures.

O contacto e posterior acordo foi alcançado alguns meses antes do lançamento de “O Codex 632” no mercado norte-americano, que ocorrerá a 1 de Abril sob a chancela da Willian Murrow, umas das principais editoras da HarperCollins, que colocará a obra nas livrarias dos grupos Barnes&Noble e Borders, as duas principais cadeias livreiras dos Estados Unidos.

O romance foi promovido pela HarperCollins na Book Fair America deste ano como um dos seus principais lançamentos para 2008. Lançado em 2005 pela Gradiva e com mais de 115 mil exemplares vendidos, “O Codex 632” ficciona, a partir de factos históricos, a possibilidade de Cristóvão Colombo ser português. O romance deu inicio a uma trilogia que tem como protagonista um professor de história, que dá pelo nome de Tomás Noronha, e cujo último livro, “O Sétimo Selo”, sobre a problemática do aquecimento global e do esgotamento dos combustíveis fósseis foi lançado em Outubro.

in Expresso

Ia ser engraçado ver as reacçõe por este mundo fora à teoria que Colombo era português… Até agora, este foi o meu livro preferido de José Rodrigues dos Santos.


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.