Home / Blogue / Pequenas diferenças

Pequenas diferenças

O mercado, em todos os seus segmentos, está cada vez mais competitivo. No que diz respeito aos livros, isso não é excepção. Daí que, para conseguirem uma boa posição no mercado, as editoras tenham hoje em dia que fazer mais do que simplesmente comprar direitos de autor, tratarem das traduções e colocar os livros nas prateleiras das livrarias. Hoje em dia, é no cliente que reside a chave da questão, é ele que tem de ser conquistado perante tamanha oferta com que é confrontado sempre que entra numa livraria.


Todos sabemos que os factores que nos levam a comprar um livro variam bastante. Pode passar pelo autor, pela sinopse, pelo nome do livro, pela capa, ou mesmo pela conjugação de dois ou mais destes factores. Depois, há mais uma série de factores externos ao livro que podem condicionar a sua compra: rendimento do cliente, ambiente na livraria, atendimento, etc. etc.

O mundo da Internet veio facilitar a comunicação entre o cliente final e a própria editora. Todas elas possuem emails de contacto, para os quais podemos enviar as nossas dúvidas ou sugestões. Já o fiz por diversas vezes e normalmente respondem-me, apesar de na maioria das vezes ser com bastante atraso. Contudo, e vendo aqui o meu mail, constato por exemplo que enviei um mail à Bertrand no dia 21 de Fevereiro, perguntando qual era a data prevista de publicação do terceiro volume das “Crónicas de Bridei”, da Juliet Marillier, e ainda bem que vou estando sentada senão já me teria cansado de esperar. No outro lado da barricada temos por exemplo a editora Saída de Emergência que há pouco me respondeu a um mail que enviei hoje à hora de almoço, perguntando para quando previam o lançamento do livro “Dreams Made Flesh”, da Anne Bishop. Para além disso, a editora tem apostado numa interactividade cada vez maior com o cliente, através da criação de fóruns dedicados a alguns dos seus autores (excelente ideia, diga-se de passagem). Estas pequenas diferenças afectam-me e fazem-me distinguir quem está realmente preocupado em “ganhar” clientes e quem não está.

Já vai sendo altura de sermos mais respeitados… Afinal de contas, somos nós, os leitores, que garantimos a sobrevivência das próprias editoras. – Célia M.


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.