Home / Notícias / Mercado dos livros em Portugal

Mercado dos livros em Portugal

Nas minhas deambulações pelos sites noticiosos, deparei-me com esta notícia. Ao que parece, desde Maio passado que as livrarias Bertrand se recusam a suportar custos com devoluções e entregas de livros não vendidos. As editoras Cotovia, Gradiva, Dom Quixote, Porto Editora Verbo, Lidel e ECL recusam-se a pagar esse preço (que, segundo as próprias editoras, representa uma perda na ordem dos 4 a 6%) e, portanto, muito provavelmente deixaremos de ver livros dessas editoras na Bertrand. Para além disso, o risco de aumento de preços também é real, para compensar as perdas previstas.

Muito sinceramente, como leitora, a mim tanto me dá que sejam as editoras ou as livrarias a suportarem os custos inerentes à devolução de livros. Mais a mais, nem compro na Bertrand porque pratica preços (ainda mais) exorbitantes. O que não me está a agradar é que, por causa destas “guerrinhas” o consumidor final fique lixado. Como sempre, aliás.


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.