2015 Reading Challenge

2015 Reading Challenge
Célia has read 0 books toward her goal of 100 books.
hide

Desafios 2015

Estou a Ler

Newsletter

Arquivo

Creative Commons License This blog by Estante de Livros is licensed under a Creative Commons Atribuição-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

Visitas desde 20/07/2007

Arquivo da categoria ‘Lançamentos’

Desassossego da Liberdade

Domingo, Março 15, 2015 Post de Célia

Quem segue este blogue com atenção sabe que raramente destaco lançamentos e menos vezes ainda atendo aos (muitos) pedidos de divulgação que autores portugueses me vão fazendo. Não é por mal, mas a minha consciência dita que a aceder a um pedido teria que fazê-lo para todos e isso acabaria por transformar o blogue em algo que não desejo. Mas hoje vou abrir uma exceção, porque a Márcia, que já conheço há muitos anos das lides bloguísticas e cujas opiniões tenho em alta conta, me pediu para dar uma ajuda a divulgar um livro no qual participa com um conto.

 

Desassossego da liberdade - em pe - web

 

Desassossego da Liberdade é uma coletânea de contos organizada pela Sofia Teixeira e subordinada ao tema que lhe dá o título. Apresenta contos dos seguintes autores:

Contos de Carla M. Soares; Manuel Jorge Marmelo; Nuno Nepomuceno; Pedro Medina Ribeiro e Samuel Pimenta.

Autores convidados: David “Noiserv” Santos e Guillermo de Llera Blanes.

Autores vencedores: André Mateus; Cláudia Ferreira; Eduardo Duarte; Márcia Balsas e Márcia Costa.

 

A questão é que o livro ainda não tem publicação garantida. Está a decorrer uma campanha de crowdfunding até dia 10 de abril para se chegar ao valor necessário para publicar. Podem ver os detalhes neste link.

 

Fica aqui o desejo que o livro veja a luz do dia!

 


Categorias: Lançamentos

Tinha sido mãe há pouco tempo quando decidi ler Bringing Up Bébé (agora na versão portuguesa, da editora Vogais, As Crianças Francesas não Fazem Birra), de Pamela Druckerman, uma jornalista norte-americana que estava a viver em França quando foi mãe pela primeira vez. Admirada com a abordagem dos pais francesas (e do país) à parentalidade, decidiu investigar em detalhe os motivos que levam a que, de um modo geral, as crianças francesas sejam mais fáceis de educar do que os casos que ela conhecia. O resultado é um livro interessante (podem ler a minha opinião aqui), isto apesar da sensação de endeusamento em relação às práticas francesas e de alguma generalização que o corrobora. A ler por pais recentes e futuros pais, sempre com sentido crítico.

 

1507-1

 

Sinopse: O seu filho faz birras em público? Tem crises de choro à mesa e não dorme bem à noite? A hora das refeições é um suplício para ele e para si?Pamela Druckerman tem a solução: os segredos dos franceses para educar os filhos. Quando decidiu deixar os EUA e ter o seu primeiro filho em Paris, Pamela Druckerman não imaginava que iria encontrar uma forma diferente de educar as crianças. Mas, após observações cuidadas dos hábitos das famílias parisienses, a jornalista norte-americana percebeu que o dia a dia dos pais franceses é mais leve e eficaz do que noutros países: os bebés dormem toda a noite desde muito cedo; as crianças comem melhor, com mais variedade, e comportam-se calmamente em locais públicos, fazendo muito poucas birras; a vida das famílias não se foca integralmente nos filhos, existindo tempo e espaço também para os pais, o que beneficia tanto as crianças como os graúdos. Após entrevistas com pedagogos, pediatras e psicólogos, Pamela Druckerman percebeu o que os pais franceses fazem de especial. Com o relato divertido e detalhado de Pamela, saberá como:
- Garantir que os seus bebés dormem toda a noite
- Educar os seus filhos para que comam todo o tipo de alimentos e se comportem educadamente à mesa, em casa e em ambientes sociais
- Aprender a dizer não com convicção e evitar os ciclos de negociação constante com os filhos
- Dar liberdade e responsabilidade aos seus pequeninos
- Ganhar tempo e qualidade de vida, para si e para as suas crianças · e muito mais!
Um livro bem-disposto e repleto de dicas e conselhos que irão melhorar os hábitos dos seus filhos – e a qualidade da sua vida em família.


[Lançamento] Capa de “Fool’s Assassin”

Sábado, Março 1, 2014 Post de Célia

No io9 foi revelada a capa e um excerto de um capítulo de Fool’s Assassin. Recordo que este livro será o primeiro de uma nova trilogia relacionada com Fitz e o Bobo e será publicado no próximo mês de agosto. Mal posso esperar!

 

18658063


Categorias: Lançamentos, Robin Hobb

[Lançamento] “Letters from Skye” em português

Terça-feira, Janeiro 14, 2014 Post de Célia

Ontem à noite andava pela Wook a ver os próximos lançamentos, quando percebi que Letters from Skye, de Jessica Brockmole, vai ser publicado em Portugal já no próximo dia 21. Este livro fez parte do meu Top 10 de leituras de 2013 e, por isso, fiquei muito contente com a notícia.

 

image

 

Mas depois vi o título que a Editorial Presença decidiu dar à tradução portuguesa e fiquei a pensar o que raio terão fumado os responsáveis por isto. “Nove Mil Dias e uma Só Noite” não só é lamechas e genérico, como não dá a mínima ideia sobre o que é este livro. Deduzo que os tais nove mil dias sejam referidos de passagem no livro, mas sinceramente não me recordo. Qual era o problema de um “Cartas de Skye” ou “Cartas da Ilha de Skye”? Ou então sou eu que não percebo nada de marketing… Enfim, de qualquer modo, é um livro que recomendo. Podem ler a minha opinião aqui.


Categorias: Lançamentos

[Lançamento] Tigana

Terça-feira, Novembro 19, 2013 Post de Célia

Os Leões de Al-Rassan, que li há cerca de 5 anos, tornou-se um dos meus livros favoritos. Desde então que tenho vontade de ler mais coisas do Guy Gavriel Kay e este ano comprei a trilogia de Fionavar na Feira do Livro, apesar de ainda não a ter lido. Tigana, uma das obras mais elogiadas do autor, era um livro cuja publicação pela Saída de Emergência já se falava há algum tempo e, na semana passada, a edição portuguesa viu finalmente a luz do dia.

 

Tiagana_Lamina_Alma

 

Sinopse: Tigana é uma obra rara e encantadora onde mito e magia se tornam reais e entram nas nossas vidas. Esta é a história de uma nação oprimida que luta para ser livre depois de cair nas mãos de conquistadores implacáveis. É a história de um povo tão amaldiçoado pelas negras feitiçarias do rei Brandin que o próprio nome da sua bela terra não pode ser lembrado ou pronunciado. 
Mas anos após a devastação da sua capital, um pequeno grupo de sobreviventes, liderado pelo príncipe Alessan, inicia uma cruzada perigosa para destronar os reis despóticos que governam a Península da Palma, numa tentativa recuperar um nome banido: Tigana. 
Num mundo ricamente detalhado, onde impera a violência das paixões, este épico sublime sobre um povo determinado em alcançar os seus sonhos mudou para sempre as fronteiras da fantasia.

 

Não gosto da capa porque acho que não distingue este livro de outros publicados pela editora com figuras encapuzadas (lembro-me, assim de repente, da Saga “Regresso do Assassino“, da Robin Hobb). Mas isto é só uma questão de gosto, que não me impediria de ir a correr comprá-lo. Só não vou por causa do “Livro Um” ali na capa. Pois, o livro foi dividido. Parece-me, pelo número de páginas que tem comparativamente às edições originais, que a história ficará completa com mais um volume, mas ainda assim estou cansada de livros divididos. Provavelmente, aguardarei por um pack a bom preço ou vou mesmo optar por ler em inglês.