Home / Autores / Vergílio Ferreira

Vergílio Ferreira

VergilioFerreira

Vergílio António Ferreira (28/01/1916 –  01/03/1996) foi um escritor português.
Embora formado como professor, foi como escritor que mais se distinguiu. O seu nome continua actualmente associado à literatura através da atribuição do Prémio Vergílio Ferreira. Em 1992, foi galardoado com o Prémio Camões.
A sua vasta obra, geralmente dividida em ficção (romance, conto), ensaio e diário, costuma ser agrupada em dois períodos literários: o Neo-realismo e o Existencialismo. Considera-se que Mudança é a obra que marca a transição entre os dois períodos. (fonte: Wikipedia)

Opiniões[catlist=129]

Bibliografia

Ficção
– O Caminho fica Longe (1943)
– Onde Tudo foi Morrendo (1944)
– Vagão “J” (1946)
– Mudança (1949)
– A Face Sangrenta (1953)
– Manhã Submersa (1953)
– Aparição (1959)
– Cântico Final (1960)
– Estrela Polar (1962)
– Apelo da Noite (1963)
– Alegria Breve (1965)
– Nítido Nulo (1971)
– Apenas Homens (1972)
– Rápida, a Sombra (1974)
– Contos (1976)
– [Signo Sinal] (1979)
– Para Sempre (1983)
– Uma Esplanada Sobre o Mar (1986)
– Até ao Fim (1987)
– Em Nome da Terra (1990)
– Na Tua Face (1993)
– Cartas a Sandra (1996)
– A Palavra Mágica (19??)

Ensaios
– Sobre o Humorismo de Eça de Queirós (1943)
– Do Mundo Original (1957)
– Carta ao Futuro (1958)
– Da Fenomenologia a Sartre (1963)
– Interrogação ao Destino, Malraux (1963)
– Espaço do Invisivel I (1965)
– Invocação ao Meu Corpo (1969)
– Espaço do Invisivel II (1976)
– Espaço do Invisivel III (1977)
– Um Escritor Apresenta-se (1981)
– Espaço do Invisivel IV (1987)
– Arte Tempo (1988)

Diários
– Conta-Corrente I (1980)
– Conta-Corrente II (1981)
– Conta-Corrente III (1981)
– Conta-Corrente IV (1981)
– Conta-Corrente V (1981)
– Pensar (1981)
– Conta-Corrente-nova série I (1981)
– Conta-Corrente-nova série II (1981)
– Conta-Corrente-nova série III (1981)
– Conta-Corrente-nova série IV (1981)