Home / Autores / José Saramago

José Saramago

José de Sousa Saramago (Azinhaga, 16 de Novembro de 1922 – Lanzarote, 18 de Junho de 2010) foi um escritor, roteirista, jornalista, dramaturgo e poeta português.
Foi galardoado com o Nobel de Literatura de 1998. Também ganhou o Prémio Camões, o mais importante prémio literário da língua portuguesa. Saramago é considerado o responsável pelo efectivo reconhecimento internacional da prosa em língua portuguesa.
O seu livro Ensaio Sobre a Cegueira (Blindness, em inglês) foi adaptado para o cinema e lançado em 2008, produzido no Japão, Brasil e Canadá, dirigido por Fernando Meirelles (realizador de O Fiel Jardineiro e Cidade de Deus).
Nasceu na província do Ribatejo, no dia 16 de Novembro, embora o registo oficial apresente o dia 18 como o do seu nascimento. Saramago, conhecido pelo seu ateísmo e iberismo, é membro do Partido Comunista Português e foi director do Diário de Notícias. Juntamente com Luiz Francisco Rebello, Armindo Magalhães, Manuel da Fonseca e Urbano Tavares Rodrigues foi, em 1992, um dos fundadores da Frente Nacional para a Defesa da Cultura (FNDC). Casado com a espanhola Pilar del Río, Saramago viveu na ilha espanhola de Lanzarote, nas Ilhas Canárias.
(fonte: Wikipedia)

Opiniões[catlist=187]

Bibliografia

Romances
– Terra do Pecado, 1947
– Manual de Pintura e Caligrafia, 1977
– Levantado do Chão, 1980
– Memorial do Convento, 1982
– O Ano da Morte de Ricardo Reis, 1984
– A Jangada de Pedra, 1986
– História do Cerco de Lisboa, 1989
– O Evangelho Segundo Jesus Cristo, 1991
– Ensaio Sobre a Cegueira, 1995
– Todos os Nomes, 1997
– A Caverna, 2000
– O Homem Duplicado, 2002
– Ensaio Sobre a Lucidez, 2004
– As Intermitências da Morte, 2005
– A Viagem do Elefante, 2008
– Caim, 2009

Peças teatrais
– A Noite
– Que Farei com Este Livro?
– A Segunda Vida de Francisco de Assis
– In Nomine Dei
– Don Giovanni ou O dissoluto absolvido

Contos
– Objecto Quase, 1978
– Poética dos Cinco Sentidos – O Ouvido, 1979
– O Conto da Ilha Desconhecida, 1997

Poemas
– Os Poemas Possíveis, 1966
– Provavelmente Alegria, 1970
– O Ano de 1993, 1975

Crónicas
– Deste Mundo e do Outro, 1971
– A Bagagem do Viajante, 1973
– As Opiniões que o DL Teve, 1974
– Os Apontamentos, 1977
– O Caderno, 2008

Diário e Memórias
– Cadernos de Lanzarote (I-V), 1994
– As Pequenas Memórias, 2006

Viagens
– Viagem a Portugal, 1981

Infantil
– A Maior Flor do Mundo, 2001