Home / Novidades / Novidade Livros do Brasil | O Mistério do Ataúde Grego, de Ellery Queen

Novidade Livros do Brasil | O Mistério do Ataúde Grego, de Ellery Queen

Título: O Mistério do Ataúde Grego
Autor: Ellery Queen
Pág.: 328
Data de Lançamento: 06.09.2018

A Livros do Brasil publicou a 6 de setembro um novo título da coleção Vampiro: O Mistério do Ataúde Grego, uma das primeiras investigações do detetive amador Ellery Queen, publicado originalmente em 1932. No centro desta trama está a morte de um famoso colecionador de arte grego e o roubo de uma obra de Leonardo da Vinci. Este Mistério do Ataúde Grego representará também uma lição que o jovem detetive não mais deixará de pôr em prática nas suas investigações: manter para si os seus pensamentos até estar totalmente certo da resolução do crime.

Sinopse: O funeral de Georg Khalkis, famoso colecionador de arte grego, havia decorrido de modo íntimo e discreto, mas, inexplicavelmente, num clima de tensão. Foi pouco depois de os acompanhantes do cortejo fúnebre regressarem a casa que o advogado da família se apercebe de que o novo testamento que Khalkis assinara dias antes da sua morte estava desaparecido e logo notifica a polícia de Nova Iorque. Apesar de minuciosa, pela casa, pela igreja, pelo cemitério, a busca revela-se infrutífera. Até que o inspetor Richard Queen e o seu filho Ellery, detetive amador, sugerem que se volte a abrir o caixão – e o que aí encontram não é o tão desejado testamento, mas o corpo estrangulado de um falsário recém-libertado da prisão. Que relação pode existir entre estes dois homens? Um papel queimado, uma obra de Leonardo da Vinci roubada e uma pequena gralha tipográfica são algumas das pistas que Ellery Queen não deixará passar em branco e que conduzirão a um insuspeito culpado.

Sobre o autor: Ellery Queen é o pseudónimo conjunto de Frederic Dannay (de seu verdadeiro nome Daniel Nathan, nascido em 1905 e falecido em 1982, em Nova Iorque) e do seu primo Manfred B. Lee (Manford Lepofsky, também nascido em 1905 e falecido em 1971, naquela mesma cidade. De 1929 a 1971, Ellery Queen foi autor e herói de mais de trinta romances, numerosas novelas, peças radiofónicas, filmes e séries de televisão. A par desta obra abundante e de qualidade, Dannay e Lee deixaram também a sua marca na história da literatura policial pela criação, em 1941, da Ellery Queen’s Mystery Magazine, famosa revista policial ainda hoje em atividade. Na Livros do Brasil estão já publicados os livros O Enigma do Sapato Holandês, O mistério dos fósforos queimados e Vivenda Calamidade.

Já na coleção Vampiro: 
N.º 1: Os Crimes do Bispo, de S.S. Van Dine 
N.º 2: Vivenda Calamidade, de Ellery Queen 
N.º 3: O Falcão de Malta, de Dashiell Hammett 
N.º 4: O Imenso Adeus, de Raymond Chandler
N.º 5: Picada Mortal, de Rex Stout
N.º 6: O Mistério dos Fósforos Queimados, de Ellery Queen
N.º 7: A Liga dos Homens Assustados, de Rex Stout
N.º 8: A Morte da Canária, de S.S. Van Dine
N.º 9: O Grande Mistério de Bow, de Israel Zangwill
N.º 10: A Dama do Lago, de Raymond Chandler
N.º 11: A Pista do Alfinete Novo, de Edgar Wallace
N.º 12: Colheita Sangrenta, de Dashiell Hammett
N.º 13: O Caso da Quinta Avenida, de Anna Katharine Green
N.º 14: O Caso Benson, de S.S. Van Dine
N.º 15: O Impostor, de E. Phillips Oppenheim
N.º 16: A Chave de Cristal, de Dashiell Hammett
N.º 17: O Crime do Escaravelho, de S.S. Van Dine
N.º 18: O Gato de Diamantes, de Dorothy L. Sayers
N.º 19: A Quadrilha de Rubber, de Rex Stout
N.º 20: O Enigma do Sapato Holandês, de Ellery Queen
N.º 21: Um Crime em Glenlitten, de E. Phillips Oppenheim
N.º 22: Uma Estrada para a Morte, de Margery Allingham
N.º 23: O Crime Exige Propaganda, de Dorothy L. Sayers
N.º 24: A Porta das Sete Chaves, de Edgar Wallace


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.