Home / Artigos / TAG – Compra de Livros

TAG – Compra de Livros

Vi esta TAG no canal de Youtube da Helene Jeppesen e achei que seria engraçado responder. Aqui vão as perguntas e as minhas respostas:

1 – Onde é que compras os teus livros?

Atualmente, a maior parte das minhas compras são feitas em livrarias online, nomeadamente a Wook e a Fnac. Ocasionalmente, se encontrar alguma promoção interessante, faço uma ou outra compra na secção de livros do Continente.

2 – Costumas comprar livros em pré-venda, e se sim em lojas físicas ou online?

Quase nunca. Só me lembro de ter feito isso uma vez, no Book Depository em 2011, quando finalmente saiu o A Dance With Dragons (a título de curiosidade, duvido muito que o volte a fazer com o próximo volume da série ASoIaF).

3 – Em média, quantos livros compras por mês?

Em 2018, vou com uma média de 5-6 livros comprados por mês, sem contar com aqueles que me são enviados pelas editoras para opinião no blogue.

4 – Usas a biblioteca local?

Não tanto como gostaria, porque implica uma deslocação de carro. Mas tenho tentado utilizar mais as BLX este ano.

5 – Se sim, quantos livros podes/costumas levar emprestados de cada vez?

Não tenho a certeza qual o limite de livros que se pode levar de cada vez, mas não costumo ter mais do que 2 requisitados de cada vez.

6 – Qual é a tua opinião em relação a livros da biblioteca?

A melhor. Nem sempre estarão novinhos em folha – aliás, o mais certo é não estarem – mas o objetivo também não é esse. Sinto que ter por perto uma biblioteca onde se possam requisitar livros é um privilégio. Ainda que devesse ser, acima de tudo, um direito, sinto-me privilegiada por poder usufruir deste serviço, se assim o desejar.

7 – Qual é a tua opinião relativamente a livros de lojas de caridade/livros em segunda mão?

Também é a melhor. Acho que sítios como a Dejà Lú, por exemplo, fazem um trabalho meritório, apesar de ainda lhe estar a dever uma visita. Tenho alguns livros em segunda mão e não tenho problemas nenhuns com isso.

8 – Manténs juntos os livros lidos e os que tens por ler?

Sim, todos misturados. Organizo os meus livros por editora e depois por autor, independentemente de estarem ou não lidos. A única exceção a esta regra são os livros que tenho por ler de parcerias que, por uma questão prática, se encontram todos juntos num cantinho das minhas estantes.

9 – Tencionas ler todos os livros que tens por ler?

Muito sinceramente, e para ser realista, não. Já comecei a desfazer-me, lentamente, de alguns livros que sei que nunca irei ler. Alguns deles comprei-os há vários anos e entretanto perdi o interesse por esse género de livros, portanto não faz muito sentido continuarem a ocupar espaço que poderia ser de outros residentes.

10 – O que fazes com livros que tens e que achas que nunca vais ler/de que não gostaste?

Dou-os a amigos que sei que irão gostar deles, doo-os a uma biblioteca ou faço passatempos no blogue/Facebook do blogue para os oferecer.

11 – Já doaste livros?

Sim. Tenho doado muitos livros à biblioteca da minha zona de residência.

12 – Já fizeste alguma greve à compra de livros?

Assumida, não. O máximo que fiz foi ver quanto tempo conseguia aguentar, sem grandes pressões. Mas talvez devesse embarcar num desafio do género, porque 2018 está a ser uma “desgraça” a esse respeito…

13 – Achas que compras demasiados livros?

No seguimento da resposta anterior, e para ser muito sincera, sim. Não preciso de ter tantos livros por ler em casa. Eles não fogem das livrarias (bem, pelo menos a maior parte) e admito que não é muito racional comprar livros assim que saem se não os vou ler logo e os posso comprar a preços mais acessíveis se esperar algum tempo. Mas tento não me martirizar com isso. As coisas são como são. Enquanto houver espaço, disponibilidade financeira e isso me trouxer felicidade, vou continuar a comprar os livros que me apetecer.


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.