Home / 3/5 / Opinião: Confia | Sofia Ribeiro

Opinião: Confia | Sofia Ribeiro

Autores: Sofia Ribeiro
Ano de Publicação Original:
 2018
Editora: Matéria-Prima
Páginas: 232
ISBN: 9789897691348
Origem: Recebido para crítica
Comprar aqui (link afiliado)

Sinopse: Sofia Ribeiro revela, pela primeira vez, pormenores inéditos sobre a vida, desde a infância à atualidade, num livro emocionante e intimista.
Habituada desde cedo a lutar pela sua independência, Sofia cresceu a saber ser forte e determinada. Porém, nada a tinha preparado para um diagnóstico inesperado.
Ao mesmo tempo que tentava preservar-se dos olhares da comunicação social, Sofia combateu o cancro com toda a sua força e fé, rodeada pelos amigos, determinantes nesta batalha.
Ao longo deste processo, a atriz descobriu muito sobre si mesma e sobre os outros. É essa descoberta que partilha neste livro, sem medos ou subterfúgios. É com esta verdade que espera poder ajudar todos os que precisam de esperança, seja qual for a sua batalha.

Opinião: Se seguem este blogue com alguma atenção, já devem ter reparado que este tipo de livros não é, de todo, do género que costumo ou gosto de ler. No entanto, como a Matéria-Prima, muito simpaticamente, me enviou uma cópia de Confia, e porque não gosto de desdenhar antes de poder falar com conhecimento de causa, decidi dar-lhe uma oportunidade.

Não conhecia a Sofia Ribeiro ou o seu trabalho como atriz na televisão/teatro; a primeira vez que ouvi falar dela foi quando surgiu a notícia de que sofria de cancro da mama, mas não acompanhei o desenrolar ou a conclusão dos tratamentos a que foi sujeita. Este livro, em jeito de autobiografia uma vez que contém uma primeira secção em que a atriz fala da sua infância e adolescência, foca-se principalmente, como seria expectável, no diagnóstico do cancro, nos tratamentos e da fase final, incluindo pelo meio algumas dicas despretensiosas para ajudar a lidar com uma situação semelhante.

Como devem imaginar, não é um relato fácil de acompanhar, mas gosto que a Sofia tenha optado por uma abordagem positiva no relato da sua doença. Não consigo sequer imaginar como reagiria perante um diagnóstico semelhante, porque julgo ser algo muito pessoal, mas já tendo estado do lado do familiar/amigo que apenas assiste impotente, não posso deixar de ficar contente por tomar contacto com esta história com um final feliz.

No final de contas, foi um livro que gostei de ler. Gostei das vibrações positivas que me trouxe e das possibilidades de ajudar quem atravessa por um problema semelhante.

Classificação: 3/5 – Gostei


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.