Home / Artigos / 10 livros para ler num dia

10 livros para ler num dia

Vi este tipo de lista em alguns vídeos do YouTube (Ler Antes de Morrer, por exemplo) e pensei que seria interessante tentar construir a minha própria lista e, quiçá, suscitar-vos a curiosidade para ler alguns destes. Aqui está:

  1. A Metamorfose, Franz Kafka (92 pág.) – este clássico do autor checo é a sua obra mais conhecida. A leitura é rápida mas cheia de camadas e pontos de reflexão.
  2. Daisy Miller, Henry James (93 pág.) – ainda que não se tenha tornado num favorito, reconheço nesta obra do autor uma reflexão interessante sobre o papel da mulher na sociedade da época abordada.
  3. O Último Dia de um Condenado, Victor Hugo (95 pág.) – mantém-se, até à data, a única obra que li deste famoso autor francês. Gostei muito das reflexões sobre a pena de morte.
  4. O Principezinho, Antoine de Saint-Exupéry (96 pág.) – como não amar este clássico infantil com mensagens tão intemporais?
  5. Um Cântico de Natal, Charles Dickens (101 pág.) – outra história intemporal, que demonstra a importância do altruísmo e da necessidade que o ser humano tem de se sentir amado.
  6. Vamos Comprar um Poeta, Afonso Cruz (101 pág.) – um livro de que gostei muito, com crítica vincada à excessiva importância que se dá atualmente às questões económicas e financeiras, bem como à constante ostracização de que Cultura tem sido alvo. 
  7. O Estranho Caso do Dr. Jekyll e do Sr. Hyde, Robert Louis Stevenson (102 pág.) – mais um clássico, que lida com a ambiguidade moral e com as zonas cinzentas do ser humano.
  8. A Pérola, John Steinbeck (109 pág.) – John Steinbeck escreveu um dos meus livros preferidos, As Vinhas da Ira. Nesta pequena novela, o autor explora a ganância, a natureza negra do ser humano e a oposição entre bem e mal.
  9. O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá, Jorge Amado (110 pág.), onde se destaca a importância da aceitação das diferenças e o impacto que a mesma tem no progresso da sociedade.
  10. Seda, Alessandro Baricco (120 pág.) – um romance onde a contenção é a palavra de ordem, temos aqui um livro muito bem escrito e interessante.


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.