Home / Artigos / Refletindo sobre… (18)

Refletindo sobre… (18)

Refletindo

Adoro novidades literárias. Gosto de saber o que está prestes a sair, gosto quando as editoras partilham os seus planeamentos editoriais a curto/médio prazo (ainda que poucas o façam), gosto de saber que livros estão prestes a sair e poderão, eventualmente vir-me parar às mãos. Dá-me gozo ver as capas escolhidas e as sinopses das novas histórias, por causa de todos os novos mundos de possibilidades. Por ter parcerias com algumas editoras em Portugal, tenho a sorte de ter acesso a várias novidades literárias, algumas delas mesmo antes de chegarem às livrarias. Sinto-me genuinamente grata por isso.

Ainda assim, às vezes tenho ideia que leio demasiadas novidades, demasiados livros recentes. O Goodreads tem um gráfico muito interessante que permite ver os anos de publicação original dos livros que já lemos:

A constatação óbvia quando olho para este gráfico é que, de facto, leio muitos livros publicados há pouco tempo. Não acho que isto seja um problema, mas a verdade é que os clássicos têm vindo a ganhar importância na minha vida como leitora; tenho vindo a perceber que me dá um gozo imenso ler clássicos, juntamente com a ideia que estou numa fase em que tenho particular paciência para me deixar levar por estes livros que marcaram gerações. Volto aqui a Moby Dick, do qual ainda só li cerca de um terço, mas que já tenho a certeza ir tornar-se um favorito da vida. Adorei cada palavra que já li daquele livro e estou ansiosa por saber o que me espera o resto da história.

Isto vem tudo a propósito de dizer que adoro novidades, mas também adoro clássicos. Quero, conscientemente, equilibrar o que leio entre os dois extremos. Gosto de estar a par do que se anda a ler e a publicar e não quero, de todo, abdicar dessa parte, mas sinto que, com os clássicos, posso ser uma leitora muito melhor (e isto de ser um bom leitor tem muito que se lhe diga, eventualmente para a semana volto a este assunto).


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.