Home / 3/5 / Opinião: Amor em 59 Poemas | Vários Autores

Opinião: Amor em 59 Poemas | Vários Autores

Autor: Vários Autores 
Editora: Suma de Letras
Páginas: 141
ISBN: 9789722361538
Origem: Recebido para crítica
Comprar aqui (link afiliado)

Sinopse: Os melhores poemas de amor, reunidos num único livro. Neste livro figuram 59 poemas, para celebrar o Amor. Descubra o único sentimento que faz girar o mundo através das palavras de poetas de diferentes tempos e lugares.

Opinião: Depois de, no final do ano passado, ter experimentado ler um livro de poesia (que, por sinal, adorei), ficou a vontade de tentar ler mais publicações do género; por esse motivo, Amor em 59 poemas, parece ter chegado na altura ideal.

Esta coletânea de poesia, que chegou às livrarias na passada semana pela Suma de Letras, antecipa desde já o Dia dos Namorados, posicionando-se como uma prenda muito interessante para os mais românticos oferecerem à sua cara-metade. Trata-se de uma recolha de alguns dos poemas de amor mais conhecidos e aclamados, transversal a várias épocas e países, desde poesia dos primórdios da palavra escrita a poetas mais recentes, sendo então este volume marcado pela diversidade dos seus autores e respetivos estilos.

Cada poema é acompanhado por uma pequena biografia do autor, que ajuda o leitor a situá-lo e, em muitas ocasiões, torna-se um excelente complemento a uma melhor compreensão do poema apresentado. Isto foi-me especialmente útil para poetas que desconhecia por completo, e posso dizer que gostei sinceramente de saber mais sobre a vida destas pessoas, muitas delas com vidas curtas mas nem por isso menos interessantes. Uma curiosidade:  no total de 59 poemas, apenas 9 são de mulheres (Florbela Espanca, Else Lasker-Schüler, Emily Dickinson, Elizabeth Barrett Browning, Maria Pawlikowska-Jasnorzewska, Emily Brontë, Marquesa de Alorna, Mariana Tzvietáieva e Ann Bradstreet). Esta constatação não é, de todo, uma crítica a quem selecionou os poemas; é apenas sintomática do papel a que a mulher foi remetida ao longo dos séculos e que, com notáveis exceções, se limitou a cuidar da casa e filhos.

Não posso dizer que tenha apreciado todos os poemas de igual forma, o que é perfeitamente normal tendo em conta a diversidade de poetas incluídos. No entanto, pareceu-me uma recolha muito interessante pela sua variedade e inegável qualidade dos poetas selecionados, em que o amor é explorado nas suas várias facetas – das mais negras às mais inspiradoras. Valeu a pena! 

Classificação: 3/5 – Gostei


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.