Home / Artigos / Projeto Robin Hobb 2018

Projeto Robin Hobb 2018

Uma das coisas que vai marcar o meu ano literário de 2018 é a presença da Robin Hobb no 2.º Festival Bang, organizado pela editora Saída de Emergência. Ainda não se conhecem mais detalhes acerca do evento, nomeadamente no que se refere a data ou local, mas o facto de ela cá vir foi o suficiente para achar que seria boa ideia comemorar a presença da minha escritora preferida em Portugal com uma releitura da série que me fez apaixonar pela sua escrita, desta vez no original. Por isso, nos meses que antecedem a sua chegada irei reler os livros que compõem as duas primeiras trilogias do Fitz, a Trilogia Farseer e Tawny Man. Aqui está o plano das festas (adicionarei os links para as opiniões quando forem publicadas):

Janeiro – Assassin’s Apprentice
Fevereiro / Março – Royal Assassin
Abril / Maio – Assassin’s Quest
Junho – Fool’s Errand
Julho / Agosto – Golden Fool
Setembro / Outubro – Fool’s Fate

Entretanto, pelos vistos a Saída de Emergência tem prevista para 2018 a publicação dos volumes seguintes da terceira trilogia do Fitz, que ainda não li, e por isso pelo meio das releituras deverei também intercalar estas novas leituras. Tenho de confessar que a perspetiva de estar a chegar ao fim das aventuras de Fitz e do Bobo é um bocado agridoce, mas ao mesmo tempo estou ansiosa por ver o que me espera!

Nota: a imagem utilizada no banner é da autoria de Marc Simonetti e foi utilizada na capa brasileira de Royal Assassin.


Sobre Célia

Tenho 35 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.
  • Diana Marques

    Ah! Eu queria fazer uma coisa semelhante, mas com o Martin (juntar o útil ao agradável, porque vou ter que reler ASOIAF para a tese). Tivesse eu tempo e juntava-me a ti também 😉

    • CeliaCM

      Tantos livros, tão pouco tempo 🙂