Home / Novidades / Novidade Pergaminho | Ser Feliz no Alasca, de Rafael Santandreu

Novidade Pergaminho | Ser Feliz no Alasca, de Rafael Santandreu

AlascaTítulo: Ser Feliz no Alasca
Autor: Rafael Santandreu
Pág.: 264
Data de Lançamento: 13.10.2017

Escrito por Rafael Santandreu, «Ser Feliz no Alasca» chegou a Portugal a 13 de outubro, pela Pergaminho. Após o sucesso dos livros anteriores, o psicoterapeuta e formador espanhol apresenta na sua nova obra um método cientificamente comprovado, que permitirá ao leitor tornar-se numa pessoa emocionalmente mais saudável, forte e calma. Devido às neuroses existentes atualmente, apenas 20% das pessoas são totalmente estáveis ao nível emocional, percentagem esta que o autor procura reverter com a aplicação do seu método. «Ser Feliz no Alasca» oferece conteúdos que, quando trabalhados conscientemente, ajudam a que o leitor seja uma pessoa centrada no presente, com uma mente forte e livre de todos os medos.

Sinopse: «Em que nos tornaremos depois de aplicar o que é apresentado neste livro? Nada mais nada menos que em pessoas especiais: extremamente fortes e saudáveis. Atualmente, devido às neuroses existentes, apenas 20 por cento das pessoas o são. Se trabalharmos conscientemente estes conteúdos, poderemos chegar a ser indivíduos muito centrados no presente. Em certa ocasião, ouvi dizer a seguinte frase: “Um bom monge é aquele que faz poucas coisas, mas as poucas que faz, fá-las muito bem.” Quando alcançarmos a boa forma mental, o dia fluirá naturalmente, de satisfação em satisfação. Porque em toda a parte encontraremos oportunidades de fazer algo de belo e o “doce presente” será o nosso lar, independentemente dos estados mentais. Quando somos vulneráveis, fazemos a distinção entre “estar bem” e “sentir-se em baixo”, porque vivemos as emoções negativas de uma forma extrema. Contudo, as pessoas mais saudáveis vivenciam os momentos negativos de forma muito suave, inclusivamente sabem até desfrutar também da ligeira tristeza ou do nervosismo. Na verdade, são muito estáveis e sabem observar a realidade com olhar de poeta. Com a terapia cognitiva ativamos o nosso olhar para a beleza, por isso poderemos concentrar-nos muito mais e melhor nas coisas belas que nos rodeiam: as caras bonitas, as enormes árvores das nossas cidades… Poucas coisas existem que transmitam maior plenitude do que apreciar intensamente os pequenos prazeres da vida e agradecer o facto de estarmos vivos. Isso acontecerá de forma continuada e espontânea.»

Sobre o autor: Rafael Santandreu é psicólogo, com consultório em Barcelona. Depois de ter lecionado na Universidade Ramon Llull, teve a oportunidade de estudar e trabalhar com o célebre terapeuta Giorgio Nardone, em Itália. Atualmente dedica-se, para além da prática clínica, à formação de médicos e psicólogos.


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.