Home / Livros do Brasil / Novidade Livros do Brasil | Histórias do Bom Deus e Outros Contos, de Rainer Maria Rilke

Novidade Livros do Brasil | Histórias do Bom Deus e Outros Contos, de Rainer Maria Rilke

DeusTítulo: Histórias do Bom Deus e Outros Contos
Autor: Rainer Maria Rilke
Pág.: 336
Data de Lançamento: 12.10.2017

A 12 de outubro é publicado um novo volume da coleção Miniatura da Livros do Brasil: Histórias do Bom Deus e outros contos, de Rainer Maria Rilke. Compilada em 1900, quando Rilke tinha vinte e quatro anos, a sucessão de contos que compõe as Histórias do Bom Deus terá sido inspirada pela viagem que levara o autor até à Rússia no ano anterior. A vastidão da paisagem russa e a profunda espiritualidade que encontrou nas pessoas simples com quem se cruzou terão levado o poeta a refletir sobre a forma como Deus se dá a conhecer, descobrindo-O em tudo o que nos rodeia. Este é um conjunto de contos, parábolas e fábulas que quis que fosse particularmente destinado a falar às crianças sobre o divino, sobre o amor e a devoção, e que veio a revelar-se um dos seus mais importantes trabalhos em prosa. Neste volume estão reunidas ainda outras três obras suas escritas na viragem do século, Dois Contos de Praga (1899), Ewald Tragy (escrito entre 1898 e 1899, mas não publicado em vida) e Os Últimos (1901), que comprovam que Rainer Maria Rilke foi não só um dos maiores poetas de língua alemã do século XX, mas também um exímio contador de histórias.

Sobre o autor: Rainer Maria Rilke nasceu em Praga em 1875. Escritor precoce, publicou o seu primeiro livro de poesia antes dos vinte anos, Vida e Canções (1894). Entre as suas obras mais famosas contam-se Elegias de Duíno (1923), Cartas a um Jovem Poeta (1929, póstuma) e o seu único romance, de teor autobiográfico, As Anotações de Malte Laurids Brigge (1910). Rilke destacou-se como um dos autores mais relevantes de língua alemã, tanto na poesia como na prosa lírica. Faleceu em Valmont, na Suíça, vítima de leucemia, em 1926.

Já na coleção Miniatura:
N.º 1: A Louca da Casa, de Rosa Montero
N.º 2: Soldados de Salamina, de Javier Cercas
N.º 3: A um Deus Desconhecido, de John Steinbeck
N.º 4: Novela de Xadrez, de Stefan Zweig
N.º 5: Sinais de Fogo, de Jorge de Sena


Sobre Célia