Home / Notícias / Rentrée Literária 2017 – TopSeller

Rentrée Literária 2017 – TopSeller

SETEMBRO

Thrillers, Ficção Romântica e Erótica e Literatura Fantástica. Um cocktail de géneros para todos os gostos e sentidos.

Primeiro romance da jornalista Charlie Jane Anders editado em Portugal, Os Pássaros do Fim do Mundo foi considerado um dos melhores livros do ano pela Kirkus Reviews, Time Magazine, Washington Post e Amazon.com. Um livro que oferece uma exploração humorística e, por vezes, comovente sobre crescer num mundo cheio de crueldade, ingenuidade científica e magia.

Estreia também para a britânica C. L. Taylor, autora de thrillers psicológicos traduzidos em mais de 20 línguas. Em Fuga é um thriller perturbador e vertiginoso, onde um simples pedido de boleia se irá transformar, rapidamente, num pesadelo.  

Do carro, para o comboio, saltamos para o primeiro livro do catálogo no género Terror, e o primeiro editado sob a nova subchancela da Topseller, pensada para o público jovem adulto, Topseller#Bliss. O Comboio Errado, do britânico Jeremy de Quidt, é um livro inovador e de provocar arrepios. «É tarde. Está escuro. Um rapaz apressa‑se para apanhar o comboio, entrando a bordo um segundo antes da partida. De repente, percebe que está no comboio errado. Fica irritado, compreensivelmente, mas não fica assustado. O rapaz sai na estação seguinte, mas a plataforma está completamente vazia, e não se parece com nenhuma outra estação que ele já tenha visto. Mas o rapaz continua a não estar assustado. Então, um estranho aproxima‑se… alguém com histórias para contar e ajudar a passar o tempo. Mas estas não são como as velhas histórias. Estas histórias são pesadelos, e vêm com um alto preço a pagar.».

Também presença inédita no catálogo, Benjamin Alire Saénz oferece, em A Lógica Inexplicável da Minha Vida, um olhar intenso sobre a vida emocional dos jovens na entrada para a idade adulta. Alire Saénz é um aclamado poeta e um escritor multipremiado, e os seus livros já lhe valeram, entre outras distinções, o American Book Award, o PEN/Faulkner Award, o Stonewell Award e o livro de honra do Michel L. Print Award.

Para os amantes da literatura fantástica, Normal é o livro a não perder. «Normal olha para o abismo e encontra o futuro.» – The New York Times. Warren Ellis é um escritor, guionista e autor de banda desenhada inglês. Tornou-se conhecido no mundo da banda desenhada, tendo criado séries como Transmetropolitan, Global Frequency ou Red. Mas a sua produção neste universo não se ficou por aí, tendo trabalhado frequentemente com a Marvel. Além de ter escrito para os X-Men ou para os Thunderbolts, também foi o autor da série Extremis, que serviu de inspiração ao filme Iron Man 3. Bastante conhecido pelo seu comentário sociocultural, tanto online como através dos seus escritos, também tem créditos firmados na televisão e na escrita de videojogos. Este é o primeiro livro publicado em Portugal.

Em setembro, chegam ainda às livrarias, entre outros: Jennifer Ashley, com A Mulher Perfeita para o Duque (Ficção Romântica), Lisa Renee Jones, com Perdida em Mim (Romance Erótico), Coleen Oakley, com Perto de Mais (Ficção Romântica), James Patterson, com Private Paris (Policial), Elizabeth Chadwick, com Leonor de Aquitânia: O Trono do Outono (Romance Histórico).

 

OUTUBRO

Depois do grande ecrã, as aventuras da super heroína da DC Comics Mulher-Maravilha chega aos livros pela escrita da autora bestseller Leigh Bardugo. «Batalhas cinematográficas e uma corrida contra o tempo mantêm o entusiasmo bem alto, mas a relação entre as raparigas, a forma como se protegem, é o que faz este livro brilhar.» – Kirkus Reviews

Sem batalhas épicas, mas com muito amor no ar, chegam às livrarias os romances Estou Aqui, da autora francesa Clélie Avit, traduzido em mais de 25 países, e A Livraria dos Destinos, da britânica Veronica Henry. Matt Haig vai surpreender com o muito elogiado Como Parar o tempo, já vendido para 24 países. O autor britânico foi jornalista e colaborou em diversas publicações, nomeadamente o Guardian, Sunday Times e Independent. Vários livros seus foram adaptados ao cinema e conquistaram prémios, bem como os elogios da crítica e dos leitores. Como Parar o tempo é uma história original e emocionante sobre perder e encontrar-se e sobre os erros que estamos condenados a repetir. É sobre as vidas que podemos levar a aprender a viver. E o desejo de esquecer.

O Policial e o Thriller, géneros tão caros aos leitores portugueses, estarão muito bem representados pela americana Riley Sager, com o super elogiado Vidas Finais: As Sobreviventes, pelo sueco Håkan Nesser, com A Próxima Vítima, o multipremiado islandês Ragnar Jónasson, com Noite Cega, e o britânico M.J. Arlidge, com Mal Me Quer.

 

NOVEMBRO

Depois de Fialho Gouveia, Biografia Sentimental, homenagem a seu pai, e os bem-sucedidos romances históricos D. Francisca de Bragança, A Princesa Boémia, As Lágrimas da Princesa, Inês, Sob os Céus do Estoril e Um Romance entre Espiões no Estoril da II Grande Guerra, Maria João Fialho Gouveia, inspirada num dos mais importantes episódios da História política de Portugal, traz-nos Maria da Fonte, Rainha do Povo.

O acontecimento histórico em si e a incógnita da identidade desta figura quase mítica, tem perdurado na memória popular e a sua recordação inspirado a imaginação poética. Maria João Fialho Gouveia, após cuidada investigação, viaja no tempo e oferece uma visão romanceada de Maria da Fonte, num estilo de escrita cuidada que a torna, hoje, uma referência do género em Portugal.

Chris Carter e Tom Fox regressam com novos e intensos thrillers e a temperatura vai aquecer com novo romance erótico de Lisa Renee Jones. Novos nomes na literatura fantástica, romântica e traduzida vão encerrar o ano editorial com boas surpresas.

 

Fonte: Nota de Imprensa 20|20


Sobre Célia