Home / Notícias / Martín Caparrós recebe prémio Cabot

Martín Caparrós recebe prémio Cabot

Caparrós

A Temas e Debates anunciou que Martín Caparrós, autor e jornalista, foi galardoado com o prémio María Moors Cabot. Recompensando excecionais relatos jornalísticos, este prestigiado prémio homenageia jornalistas pela excelência na carreira e cobertura do Hemisfério Ocidental. Martín Caparrós, autor de «A Fome», editado em Portugal pela Temas e Debates, tem sido «uma das principais vozes do jornalismo literário latino-americano», segundo a Graduate School of Journalism, da Universidade de Columbia, que atribui o prémio. «Enquanto intelectual, Caparrós tem sido sempre uma voz firme sobre o que considera certo e errado. Ao longo dos tempos, Caparrós conseguiu preservar a sua reputação pela razão de ser, em primeiro lugar, um jornalista reconhecidamente honesto, equilibrado e rigoroso.»

Anualmente, o prémio Cabot homenageia jornalistas de «grande coragem, convicções e proficiência», que arriscam as suas vidas para reportar histórias que contribuam para a transparência e atribuição de responsabilidades e pela excelência da sua carreira. Godfrey Lowell Cabot, de Boston, fundou o Maria Moors Cabot Prizes em memória da sua mulher, em 1938. Este é mais antigo prémio jornalístico internacional. O presidente da Universidade de Columbia presenteará os galardoados com medalhas de ouro e com um prémio monetário de 5 mil dólares, numa cerimónia que terá lugar a 10 de outubro.

Martín Caparrós é um prolífico repórter e autor de ficção e de não-ficção, com cerca de 15 livros publicados nesta última área. É ainda colunista e editor e as suas crónicas são consideradas clássicos, sendo amplamente estudadas. O seu mais recente projeto de não-ficção, «A Fome», é um trabalho de enorme significado e o resultado de uma odisseia de vários anos, em que o autor derruba barreiras geográficas e históricas, o que torna este livro não só uma análise crítica da história da fome mas também uma viagem a diferentes regiões do mundo, das mais pobres a algumas das mais ricas. 

Fonte: Nota de Imprensa Temas e Debates


Sobre Célia