Home / Jorge Carrión / Novidade Quetzal | Livrarias, de Jorge Carrión

Novidade Quetzal | Livrarias, de Jorge Carrión

LivrariasTítulo: Livrarias
Autor: Jorge Carrión
Pág.: 344
Data de Lançamento: 19.05.2017

Jorge Carrión, autor de Livrarias, que chegará aos pontos de venda na sexta- feira, dia 19 de maio, estará em Lisboa, no âmbito da sua digressão mundial por livrarias.

Livrarias é um livro que fala de livrarias, do seu encantamento, da importância do contacto com os leitores, como cenário para troca de ideias. Ao longo dos vários capítulos, Jorge Carrión faz menção às mais belas livrarias do mundo, fazendo parte deste rol algumas livrarias portuguesas.

O livro foi best seller em Espanha, onde vendeu mais de 65.000 exemplares, e foi considerado pelo The Guardian um dos melhores livros de viagem do mundo.

Livrarias é o resultado de um levantamento exaustivo feito pelo escritor e crítico literário, no qual explora o papel fundamental das livrarias.

Ideal para leitores, bibliófilos e amantes de livrarias, este é um livro que o levará numa viagem de exploração intelectual e um pouco sentimental pelas livrarias mais marcantes e especiais de todo o mundo.

Sinopse: Literatura de viagem através das livrarias de todo o mundo. Qual é o significado das livrarias no imaginário coletivo? Qual é o seu papel na História das Ideias e das Letras? Neste brilhante ensaio, Jorge Carrión cria uma possível cronologia do desenvolvimento das livrarias e da sua representação artística – como se transformaram em mitos culturais, em centros de tertúlia e de resistência política. A Livraria Bertrand do Chiado tinha de ser uma das escolhidas, assim como a Strand, de Nova Iorque, as parisienses La Hune e Shakespeare and Company, a Librairie de Colonnes de Tânger, City Lights de São Francisco e muitas outras.

Sobre o autor: Jorge Carrión nasceu em Tarragona, em 1976. É doutorado em Humanidades pela Universidade Pompeu Fabra, em Barcelona, onde atualmente leciona literatura contemporânea e escrita criativa. Escreve regularmente para jornais espanhóis e latino-americanos, como El País, La Vanguardia e Arcadia. É autor de um romance.


Sobre Célia