Home / Notícias / Penguin Random House publicará em Portugal os livros de Barack e Michelle Obama

Penguin Random House publicará em Portugal os livros de Barack e Michelle Obama

Markus Dohle, CEO da Penguin Random House, anunciou anteontem que todas as operações da companhia a nível mundial uniram esforços para publicar os próximos livros do Presidente Barack Obama e da ex-Primeira-Dama Michelle Obama. Em cada um dos países, os livros terão o seu próprio plano e data de publicação. A Penguin Random House obteve os direitos mundiais da publicação dos dois livros no passado mês de Fevereiro.

Além dos Estados Unidos e do Canadá, onde os livros serão publicados pela Crown, entre os países onde a Penguin Random House publicará as edições de língua inglesa, encontram-se: Reino Unido, Austrália, Índia, Nova Zelândia e África do Sul, através da editora britância Viking, que faz parte do grupo.

A Penguin Random House Grupo Editorial publicará os livros em espanhol, português e catalão em dois continentes nos seguites países: Espanha, Argentina, Chile, Colômbia, México, Peru, Uruguais e Portugal. Haverá também uma edição especial em espanhol para os Estados Unidos, publicada pela Penguin Random House.

No Brasil, os livros serão publicados pela Companhia das Letras.

A filial da Penguin Random House na Alemanha, Verlagsgruppe Random House, propriedade da Bertelsmann e dirigida por Markus Dohle, publicará ambos os livros em alemão, em coordenação total com a Penguin Random House

Markus Dohle, CEO da Penguin Random House, afirmou: “As equipas da Penguin Random House em todo o mundo são compostas pelos editores mais respeitados e considerados da indústria e, juntos, esperamos contar com o nosso profundo conhecimento editorial, experiência e alcance para providenciar ao Presidente Obama e sua mulher uma plataforma e audiência globais para os seus livros.

Tom Weldon, CEO da Penguin Random House UK, afirmou: “Não poderíamos estar mais orgulhosos que os Obama tenham escolhido a Penguin Random House como a sua casa editorial mundial e britânica. Todos os nossos editores acreditam na verdadeira capacidade dos livros para mudar e moldar a vida para melhor. Sabemos que os livros dos Obama serão tanto obras magníficas como inspiradoras chamadas para a acção.

Em nome da Penguin Random House Grupo Editorial, a Directora Executiva Núria Cabutí afirmou: “É uma fonte enorme de orgulho para nós publicarmos os Obama em Espanha, Portugal e América Latina. Esperamos ajudar a difundir as mensagens dos Obama a todas as pessoas que falam espanhol e português.

A Companhia das Letras é guiada por dois valores fundamentais: promover uma ampla perspectiva e dar voz à diversidade da experiência humana. Publicando os livros do Presidente Barack Obama e de Michelle Obama será uma honra e uma missão num mundo e num país que precisam de mensagens mais esclarecedoras. Nós asseguramos, com um verdadeiro sentido de dever, de que cheguem ao maior número possível de pessoas brasileiras”, disse Luiz Schwarcz, editora da Companhia das Letras.

Barack Obama e Michele Obama, individualmente, e como casal, encarna, de uma forma única o que significa assumir responsabilidades pelo mundo em que vivemos. A sua graça e estilo, o seu humor e rigor intelectual fizeram deles modelos universais e uma inspiração para pessoas no mundo inteiro. Estamos encantados de fazer parte deste esforço global da Penguin Random House, trazendo estes livros para o público alemão”, afirmou Frank Sambeth, CEO da Verlagsgruppe Random House.

Considerando a missão da Fundação Obama e o próprio compromisso da Penguin Random House com a responsabilidade social, a companhia doará um milhão de livros, em nome da família Obama, à First Book, uma associação sem fins lucrativos, parceira de longa data da Penguin Random House e da iniciativa da educação digital da Casa Branca 2016, Open eBooks, sedeada em Washington DC. First Books é dedicada à promoção do igual acesso à educação ao providenciar livros, material escolar e outros bens essenciais a crianças necessitadas nos Estados Unidos e Canadá. Em consonância com as políticas anteriores, os Obama também planeiam doar uma parte significativa dos seus lucros a organizações de solidariedade, incluindo a Fundação Obama.

Fonte: Grupo Editorial Penguin Random House


Sobre Célia