Home / 4/5 / [Opinião] Harry Potter and the Goblet of Fire, de J.K. Rowling

[Opinião] Harry Potter and the Goblet of Fire, de J.K. Rowling

818068Autor: J.K. Rowling
Ano de Publicação: 2000
Páginas: 796

 

Sinopse: The summer holidays are dragging on and Harry Potter can’t wait for the start of the school year. It is his fourth year at Hogwarts School of Witchcraft and Wizardry and there are spells to be learnt and (unluckily) Potions and Divination lessons to be attended. But Harry can’t know that the atmosphere is darkening around him, and his worst enemy is preparing a fate that it seems will be inescapable …With characteristic wit, fast-paced humour and marvellous emotional depth, J.K. Rowling has proved herself yet again to be a master story-teller

 

Opinião: O 4.º livro da saga Harry Potter é o livro do meio da saga e, na minha opinião, também um dos mais importantes, tanto a nível do enredo como a nível do desenvolvimento das personagens. 

 

O novo ano em Hogwarts traz novidades muito interessantes: será realizado um torneio para três feiticeiros de três escolas de feitiçaria diferentes, e quando menos esperava o nome de Harry Potter é retirado do cálice, quando ele não se candidatou nem sequer tem idade para isso. Harry vê-se assim obrigado a participar, ao lado de outro concorrerente de Hogwarts, Cedric Diggory, e de dois concorrentes de outras escolas.

 

Enquanto as tarefas do torneio se vão desenrolando, Harry tem dores inéditas na cicatriz que resultou do seu primeiro encontro com Voldemort, e os sonhos estranhamente realistas mostram o feiticeiro negro muito perto de retomar a sua atividade. Este é, de facto, o livro em que Voldemort ganha de novo um corpo que lhe permite sonhar com o regresso ao poder. E este acontecimento está intimamente ligado ao torneio dos três feiticeiros.

 

Também as personagens mostram evolução, deixando de ser crianças para adolescentes com as suas paixonetas, zangas parvas e a imaturidade sentimental que estas idades costumam trazer. Há várias personagens novas, sendo as mais interessantes, na minha opinião, as que são trazidas das outras escolas, a nórdica Durmstrang e a francesa Beauxbatons. Acho que a entrada em cena de outras escolas de feitiçaria acaba por ajudar na construção deste mundo imaginário, expandindo-o e dando-lhe bases mais sólidas.

 

Resumindo, gostei muito desta releitura, como de todas as outras vezes que o li. E sigo para o 5.ª volume.

 

Classificação: 4/5 – Gostei Bastante


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.