Home / 4/5 / [Opinião] Saga – Volume II, de Brian K. Vaughan

[Opinião] Saga – Volume II, de Brian K. Vaughan

17131869Autor: Brian K. Vaughan
Ilustrador: Fiona Staples
Série: Saga #2
Ano de Publicação:
2013
Páginas: 144
ISBN: 9781607066927

Sinopse: From award-winning writer BRIAN K. VAUGHAN (Pride of Baghdad, Ex Machina) and critically acclaimed artist FIONA STAPLES (Mystery Society, Done to Death), SAGA is sweeping tale of one young family fighting to find their place in the universe. Thanks to her star-crossed parents Marko and Alana, newborn baby Hazel has already survived lethal assassins, rampaging armies, and horrific monsters, but in the cold vastness of outer space, the little girl encounters her strangest adventure yet… grandparents.

Opinião: Depois da experiência positiva que foi ler o primeiro livro desta série, não poderia deixar de ler o segundo. E foi isso mesmo que fiz, entusiasmada com a perspetiva de voltar a encontrar Marko e Alana, bem como outras personagens que já conhecia e de quem gostava, e ainda com curiosidade para ver se o elevado nível de gore ia continuar.

Marko e Alana continuam a fugir dos seus perseguidores, mas desta vez têm os pais de Marko à perna. Os dois não concordam com a relação entre o filho e Alana e o drama familiar que se gera é bastante interessante. Este volume apresenta-nos vários flashbacks sobre o início da relação dos dois, ideia que me agradou, até porque ajuda o leitor a ganhar ainda mais empatia pelas personagens principais. Ainda assim, desta vez achei que foi dado mais tempo de antena a personagens secundárias, o que acaba por ajudar a expandir o worldbuilding ainda que tivesse dado por mim a desejar voltar a ver o que se passava com Marko e Alana.

A estranheza de mundos e personagens continua, mas esse é um elemento que cativa em vez de repelir. É que, apesar das personagens estranhas, o autor consegue torná-las “humanas”, com problemas com os quais nos conseguimos relacionar. A relação entre as personagens principais consegue ser genuína, sem ser lamechas. Para além da parte dramática, existem alguns comic reliefs que funcionam muito bem.

Os desenhos continuam ao mesmo nível elevado. Há muita expressividade, sem ser exagerada, e considero que existe um equilíbrio muito bom entre a história a ser contada e os desenhos que a fazem ganhar vida. Nada parece forçado ou exagerado no contexto da história, por isso esta parte também me deixou bastante satisfeita.

O balanço final é muito positivo. O enredo, as personagens e a parte visual continuam a cativar-me, o que não deixa dúvidas se vou continuar a seguir a série.

Classificação: 4/5 – Gostei Bastante


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.