Home / Célia / [Opinião] A Herança, de Katherine Webb

[Opinião] A Herança, de Katherine Webb

12250562Autor: Katherine Webb
Título Original:
The Legacy (2010)
Editora: Edições Asa
Páginas: 456
ISBN: 9789892315201
Tradutor: Maria João Freire de Andrade
Origem: Comprado

Sinopse: Após a morte da avó, as irmãs Erica e Beth Calcott regressam a Storton Manor, a imponente mansão da família. Rodeada pela atmosfera mágica das férias de Verão da sua infância, Erica relembra o passado, particularmente o primo Henry, cujo desaparecimento daquela mesma casa dilacerou a família e marcou Beth terrivelmente. A jovem decide agora descobrir o que aconteceu a Henry, para que o passado possa ser enterrado e a irmã consiga finalmente encontrar alguma paz. Mas, quando começa a investigar, um segredo familiar ameaça sair da sombra: uma história que remonta à América na viragem do século XIX, protagonizada por uma bela herdeira das classes altas e uma terra selvagem e assombrosa. À medida que o passado e o presente convergem, Erica e Beth têm de enfrentar duas terríveis traições e uma dolorosa herança.

Opinião: Tinha muita curiosidade em conhecer esta autora, porque escreve um tipo de livros, os dual time (histórias entrecruzadas que decorrem em duas épocas distintas), de que gosto bastante. Exemplos de livros deste género que adorei: O Jardim dos Segredos, de Kate Morton ou Sophia’s Secret, de Susanna Kearsley.

As duas linhas temporais deste livro seguem a americana Caroline, no início do século XX, uma mulher de vida moderadamente abastada que se casa por amor e acompanha o marido para o desértico oeste, e também Erica, bisneta de Caroline, que no início do século XXI regressa à casa que marcou a sua infância juntamente com a irmã, a fim de decidirem o que fazer com ela, já que a herdaram da avó. O facto de no início da história acompanharmos o casamento de Caroline com Corin mas, ao mesmo tempo, a história contemporânea dizer-nos que Caroline casou poucos anos depois com um Lorde inglês, país onde permaneceu o resto da vida, gera a inevitável curiosidade para saber o que lhe aconteceu para ter ocorrido uma mudança tão grande. Para que o mistério não se concentrasse apenas no passado, a autora decidiu incluir na história o desaparecimento de um primo de Erica e Beth há cerca de 20 anos, sendo que esta última vive ainda atormentada pelo acontecimento, e Erica desconfia que Beth sabe alguma coisa que não revelou.

A história de Caroline está repleta de acontecimentos infelizes e pessoas perturbadas, fruto do tempo e da falta de diálogo entre as pessoas. Não deixa de ser uma história que nos toca, mas por vezes é demasiado triste e a própria personagem toma atitudes que, ainda que consideremos o seu estado depressivo, acabam por nos parecer injustificáveis. A história do presente interessou-me menos e nunca deixei de estranhar que quando o capítulo era sobre o presente tínhamos um relato na primeira pessoa enquanto que no passado a narrativa era na terceira pessoa. Em relação ao mistério do desaparecimento de Henry, uma das implicações do que aconteceu surpreendeu-me mas na verdade toda a explicação me pareceu demasiado rebuscada.

Gostei da escrita de Katherine Webb. Acho que conseguiu evocar com sucesso os ambientes nos quais as suas personagens se moviam, mas para mim falhou um pouco na empatia que as suas personagens me despertaram. Não consegui gostar de Caroline e as personagens do presente não me aqueceram nem arrefeceram.

É um bom livro, com boas ideias, mas que na minha opinião precisaria de ser melhor trabalhado para se tornar um favorito meu. É um primeiro livro, por isso o mais certo é dar um desconto e voltar a experimentar outros livros da autora.

Classificação: 3/5 – Gostei


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.